Santos joga no Piauí de olho na classificação para segunda fase da Copa do Brasil

Por: Share:

O Santos faz a sua estreia na Copa do Brasil, diante do Altos-PI, nesta quarta-feira (6). A equipe do técnico Jorge Sampaoli viaja até o Piauí em busca da classificação para a segunda fase do torneio nacional. E para avançar, os paulistas precisam apenas de um empate. O confronto está marcado para às 19h15.

Artilheiro do Paulistão com quatro gols, o meio-campista Jean Mota falou sobre a motivação do elenco santista após a derrota para o Ituano na última rodada do Estadual. “Depois de uma derrota dessa, ficamos tristes, queremos dar a volta por cima o mais rápido e o próximo é o Altos. Não adianta ir no desespero, na raiva, achando que vamos fazer gol a todo momento, temos que ter calma, continuar com o mesmo trabalho sem nos abalar. É um jogo só e muito difícil”, disse em entrevista coletiva.

Em toda a história, será a quinta partida do Santos em território piauiense. O time da Baixada Santista coleciona um retrospecto de duas vitórias (Flamengo-PI e Piauí), um empate (Flamengo-PI) e uma derrota para o Vasco da Gama-RJ. Campeão da Copa do Brasil de 2010, o Santos já disputou a competição em 16 oportunidades. Ao todo, foram 110 partidas com 65 vitórias, 24 empates e 21 derrotas.

Sonho piauiense
Fundado em 2013, o Altos-PI participará da Copa do Brasil pela terceira vez em sua história. Nas outras participações, o time piauiense nunca conseguiu avançar para a segunda fase. Para passar do Santos, a equipe de Leandro Campos terá de vencer o confronto.

Campos apontou as dificuldades de enfrentar o Santos. “A derrota do Santos no Campeonato Paulista não modifica em nada. O respeito, a qualidade do Santos e tudo que estamos projetando para o jogo, antes mesmo do resultado de domingo, permanecem da mesma forma. Independentemente do resultado, acreditamos na condição de buscarmos a passagem de fase”, disse o treinador ao GloboEsporte.com.

Ficha técnica:
Altos (PI) x Santos
Horário: 19h15;
Local: estádio Albertão, em Teresina (PI).

Altos: Weyde; Ademir, Caique, Ramon e Tiago; Sidney (Humberto), Dos Santos e Eder; Junior, Luizão e Jorge (Ancelmo). Técnico: Leandro Campos.

Santos: Vanderlei; Luiz Felipe, Aguilar e Gustavo Henrique; Victor Ferraz, Alison, Diego Pituca, Carlos Sanchez, Soteldo e Jean Mota; Derlis Gonzalez. Técnico: Jorge Sampaoli.

Arbitragem:
Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS);
Assistente 1: Lucio Beiersdorf Flor (RS);
Assistente 2: Andre da Silva Bitencourt (RS);
Quarto árbitro: Diego da Silva Castro (PI);
Analista de campo: Carlos Lustosa Filho (PI).