Programa Party recebe estudantes de medicina no 1º encontro do ano em São José

Por: Share:
O programa Party de São José dos Campos conta com encontros mensais para orientar jovens sobre os riscos de escolhas irresponsáveis no trânsito, especialmente sobre a mistura álcool e direção. (Foto: Divulgação/PMSJC)

Cinquenta e cinco alunos de medicina da Humanitas – Faculdade de Ciências Médicas de São José participaram na tarde de segunda-feira (4), da primeira reunião do programa Party em 2019.

No encontro, realizado no Hospital Municipal, os estudantes receberam orientações sobre como as escolhas irresponsáveis no trânsito podem interferir ou mudar para sempre a história de pessoas e de suas famílias.

O grupo de futuros médicos participou de um bate-papo com profissionais da Saúde e da Mobilidade Urbana da Prefeitura, do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e do Grau (Grupo de Resgate e Atenção às Urgências e Emergências), polícias rodoviárias Federal e Estadual.

Além das palestras, a ação ainda contou com uma a visita técnica aos pacientes internados, vítimas de acidentes no Hospital Municipal e no Centro de Reabilitação Lucy Montoro. Na ocasião, os estudantes puderam conversar sobre o acidente e quais as consequências.

Gustavo Silva, de 17 anos, estudante do primeiro ano, disse que as palestras foram muito importantes e que, por meio das visitas, foi possível aprender muito sobre trauma e como ele envolve uma rede de pessoas.

Outro momento importante de sensibilização foi conduzido por Wiliam da Silva Silvestre Costa, 28 anos, paratleta, que dividiu com os alunos a experiência do trauma de trânsito grave que sofreu e o deixou com lesões permanentes. Para ele, que hoje depende de uma cadeira de rodas para se locomover, o Projeto Party é importante para difundir as informações entre os jovens, para que eles tenham consciência de que um ato irresponsável pode acarretar vários problemas. “A conscientização é fundamental para que gere menos acidentes e que não ocorram tantas mortes no trânsito”.

O atleta ainda deixou um conselho importante aos jovens. “Se for beber, procure voltar para casa utilizando o aplicativo, táxi ou transporte público, para não colocar as vidas das pessoas em risco”, afirmou.

Programa

O programa Party surgiu no Canadá há mais de 30 anos e está no Brasil desde 2008, quando foi implantado em Ribeirão Preto (SP). A partir daí, expandiu-se para outras duas cidades paulistas, Sorocaba e Campinas, além de Vitória (ES). Em 2013, o programa tornou-se Party Brasil, vinculado à Sbait (Sociedade Brasileira de Atendimento Integrado ao Traumatizado).

São José é a primeira cidade do Vale do Paraíba a integrar o Party Brasil. Lançado no município em junho de 2017, o programa já reuniu mais de 500 estudantes, entre 16 e 18 anos. Escolas públicas e particulares de São José dos Campos foram contempladas pelas ações coordenadas pela Prefeitura.