Estudante ‘Nota 10’ do Cephas em São José recebe prêmio de Química

Por: Share:
Técnica em Química, Ana Beatriz Veneziani, aluna do MedioTec do Cephas, foi homenageada com o Prêmio Lavoisier. (Foto: Divulgação/PMSJC)

A conclusão de um curso representa um momento importante na vida de todo estudante. Para Ana Beatriz Veneziani, 18 anos, aluna de Química do Cephas (Centro de Educação Profissional Hélio Augusto de Souza), receber o certificado de conclusão do técnico como primeira turma do MedioTec neste mês foi especial.

A técnica foi homenageada com o Prêmio Lavoisier, oferecido pelo Conselho Regional de Química IV, como melhor aluna do curso no período de 2017 a 2018. A jovem também acaba de passar no vestibular da USP (Universidade de São Paulo) em Engenharia Química e, agora, planeja os próximos meses de estudo e trabalho.

Dedicação nos estudos

A rotina de Ana Beatriz, a Bia, é puxada e dividida entre estágios, pesquisas, o curso no Cephas e o trabalho na empresa Johnson&Johnson pelo programa Jovem Aprendiz.

O interesse de Bia por Química começou na infância e foi reforçado com a experiência do curso técnico e a vivência em laboratório. Por dois anos e meio, a estudante participou do Pibic Junior (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica) da Unesp (Universidade Estadual Paulista), em São José, realizando uma Iniciação Científica. O Pibic tem por objetivo despertar a vocação científica e incentivar talentos potenciais na rede pública de ensino.

“Sempre amei Química. A partir dos 14 anos comecei a me dedicar mais nos estudos e pensar no futuro. Sou de escola pública e queria aproveitar as oportunidades. Por isso, fui fazer iniciação científica, entrei para o Cephas pelo MedioTec, e comecei no Jovem Aprendiz. Continuo estudando e, no futuro, desejo lecionar”, conta a aluna.

“A Bia se destacou desde o primeiro dia de aula, sempre empolgada, querendo saber mais e ir além, é um exemplo. No Cephas, os alunos têm contato direto com a prática. Isto é importante para a formação dos técnicos e é muito bom poder acompanhá-los nesse processo de descobertas”, afirma Edgard Gonçalves Fernandes Junior, professor de Química há 16 anos no Centro.

“O Cephas é muito importante na minha vida, me ajudou a ter outra visão de mim mesma, saber do que sou capaz, ter mais responsabilidade e disciplina para o estudo visando o futuro. O modo como eles nos preparam é essencial. Sou muito grata aos professores por tudo”, destaca a aluna.

Programa Jovem Aprendiz

Segundo a técnica em Química, o Jovem Aprendiz abre portas no mercado de trabalho por meio da experiência prática ofertada em parceria com empresas do município. Há dois meses trabalhando na produção da Johnson, Bia sente que está no caminho certo.

“O Jovem Aprendiz me mostra que é possível seguir a carreira escolhida. Fui bem acolhida na empresa e sou grata aos meus colegas de trabalho e, especialmente, aos professores pelos aprendizados”, frisa.

Atualmente, o Cephas conta com 360 jovens que cumprem jornada de trabalho como aprendizes em uma das empresas parceiras da Fundhas, tendo dessa forma a experiência do primeiro emprego. Como aprendizes, eles são registrados em carteira, com todos os direitos trabalhistas previstos em lei. O vínculo empregatício é com a Fundhas, que recebe das empresas o repasse dos custos com os adolescentes.

Todos os alunos que fazem parte do Programa devem, de acordo com a Lei do Aprendiz (10.097/2000) cumprir, além da atividade de aprendizado prático, uma carga horária teórica que varia de 4 a 6 horas semanais de acordo com o contrato de aprendizagem.

Qualificação profissional

O Cephas é uma escola técnica da Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza), mantida pela Prefeitura de São José dos Campos, que incentiva a inclusão social por meio da educação profissional, oferecendo cursos técnicos gratuitos e de qualificação profissional.

Além do Técnico em Química, o Centro oferece cursos de Administração, Edificações, Enfermagem, Eletrônica, Hospedagem, Mecânica em Aeronaves em Célula, Mecânica em Aeronaves em Grupo Motopropulsor e Mecânica. O Pronatec-MedioTec é uma parceria com o Governo Federal que possibilita aos alunos do ensino médio público cursarem ao mesmo tempo um curso técnico.

Prêmio Lavoisier

Alusivo ao Químico Francês Antoine Laurent Lavoisier (1743-1794), o Prêmio Lavoisier foi criado pelo CRQ-IV para reconhecer e ressaltar a dedicação dos melhores alunos dos cursos de nível médio e superior da área da química ministrados no Estado de São Paulo.

Ele é representado por um diploma de honra ao mérito que, normalmente, é entregue durante a cerimônia de colação de grau. A indicação dos alunos é feita pelas próprias instituições de ensino.