Estado atrasa entrega de medicamentos especializado para Pinda, afirma prefeitura

Por: Share:

Desde a última semana, o governo do Estado não está repassando para Pindamonhangaba os medicamentos pertencentes ao Componente Especializado da Assistência Farmacêutica, e isso está causando transtorno para os pacientes que necessitam destes medicamentos, informou em nota a assessoria da prefeitura.

De acordo com a farmacêutica Lídia Maria Barcha Giroldo dos Santos, responsável pela farmácia central e assistência farmacêutica da Prefeitura de Pinda, a responsabilidade pela compra, programação e distribuição desses medicamentos pertence ao governo estadual. “O município envia para a regional de saúde DRS XVII – Taubaté a documentação de todos os pacientes que usam medicamentos do componente especializado, por meio de malote, e faz a liberação final aos pacientes dos medicamentos que o DRS entregou a cada paciente. Como município, não temos gerência sobre a compra e estoque dos departamentos regionais”, explicou.

Segundo a secretária de Saúde da Prefeitura, Valéria dos Santos, a Secretaria de Saúde tem buscado a diretoria do Departamento de Saúde DRS XVII para a solução do problema. “Temos uma preocupação imensa com a continuidade do tratamento desses pacientes, uma vez que são medicamentos para doenças graves, e essa falta pode comprometer de forma importante a saúde e o tratamento dessas pessoas”, enfatizou a secretária. “Por isso temos realizado reuniões com a DRS e inclusive já solicitamos uma reunião com a Coordenadoria de Saúde do Estado para levar o problema, uma vez que, para a população, o atraso é do município, o que não é verdade”, informou a secretária Valéria, lembrando que os valores para a compra destes medicamentos são repassados pelo Governo Federal diretamente ao Governo do Estado para a aquisição destes medicamentos.

Veja também