Simube publica edital para concessão de bolsas de estudo em Taubaté

Share:

O Sistema Municipal de Bolsas de Estudo (Simube) de Taubaté publicou nesta quinta-feira, 3 de janeiro, no diário oficial do município, o edital para concessão de bolsas de estudo de cursos de graduação e técnico profissionalizante.

Para garantir a participação no processo, o candidato deve estar matriculado em cursos oferecidos pelas instituições de ensino cadastradas junto ao Conselho de Administração do Fundo Municipal de Bolsas de Estudo, deve residir em Taubaté nos últimos cinco anos, ter renda familiar inferior a 5 salários mínimos vigentes, ter sido beneficiado na modalidade bolsa de estudo para médio/técnico profissionalizante e que tenha intenção de ser beneficiado na modalidade graduação. Além disso, o candidato não pode ter nenhum outro benefício semelhante, como outras bolsas .

A ficha de inscrição estará disponível das 8h do dia 7 de janeiro às 17h do dia 25 de janeiro no site da prefeitura, www.taubate.sp.gov.br. O candidato deverá preenchê-la, imprimir e juntar toda documentação exigida no edital, como cópia do comprovante de matrícula; cópia do RG, CPF, carteira de trabalho e comprovante de rendimentos do candidato e dos membros do grupo familiar; comprovante de residência; dentre outros. A documentação deve ser entregue na instituição de ensino no mesmo prazo mencionado para inscrição.

Após o término do período de inscrições, a instituição de ensino e o Conselho de Administração do Fundo Municipal de Bolsas de Estudo vão conferir a documentação e classificar os candidatos inscritos de acordo com o índice de carência.

MODALIDADES
A bolsa custeio é destinada aos alunos classificados entre os maiores índices de carência, recebendo uma bolsa de estudos nos valores entre 25% a 100% da mensalidade, não sendo obrigatória a restituição ao fundo. Apenas 20% do montante destinado ao fundo será para essa modalidade.

Na modalidade financiamento, o bolsista firmará contrato afirmando o compromisso de restituição ao Fundo Municipal de Bolsas de Estudo dos valores após o término do curso, podendo chegar a 100% de financiamento.

A bolsa estágio permite que o aluno realize estágio não remunerado nas secretarias municipais, tendo como contrapartida a bolsa integral.

Os funcionários municipais também podem ser beneficiados, através da bolsa servidor, desde que tenham passado pelo estágio probatório, garantindo 50% de benefício, sem ressarcimento no futuro.

E ainda há a bolsa para pessoa com deficiência, que poderá participar desde que comprove sua deficiência através de laudo atualizado emitido por profissional habilitado, ficando o bolsista dispensado do ressarcimento.

Veja também