Prefeitura de São José entrega títulos de regularização fundiária a 74 famílias

Por: Share:
Joseenses ficaram felizes ao receber os títulos de propriedade durante evento no Paço Municipal. (Foto: Charles de Moura/PMSJC)

Mais 74 famílias de São José dos Campos receberam, nesta quinta-feira (17), os títulos de propriedade. Foram beneficiados moradores de diversos bairros, que tiveram os imóveis regularizados.

A entrega dos títulos teve a presença dos beneficiários ou respectivos representantes. Autoridades e servidores municipais participaram da cerimônia, que foi realizada no Paço Municipal.

Felicidade foi o sentimento compartilhado pelas pessoas beneficiadas com o registro definitivo das propriedades. Cecília Coutinho Rosa estava com o marido e o filho caçula aguardando ansiosamente pela entrega do documento. “A documentação é muito importante, agora ninguém tira a nossa casa”, ressaltou ela, que mora há 16 anos no Santa Cecília I (região leste).

Muito emocionada, Maria Auxiliadora Ribeiro de Queiroz, moradora há 28 anos do Majestic, contou que se sentia muito feliz e que tinha fé que conseguiria regularizar a moradia. “É um pedacinho de terra que vou deixar para os filhos, netos e bisnetos, registrado em cartório”.

Aos 60 anos, José Nino Irmão, comprou há 10 anos um terreno no Santa Cecília I-B e nunca soube que precisava regularizar. Na entrega do título, ele comentou que ter o registro do imóvel, com documentação em cartório, era algo que ele nunca pensou que conseguiria. “Agora sim, eu sou dono e estou muito feliz”.

Nos últimos dois anos a Prefeitura de São José dos Campos já entregou cerca de 640 títulos de propriedade, registrados em cartório. Foram regularizados recentemente os seguintes parcelamentos: Santa Cecília I-B, Estância Nova Jersey, Ebenezer II, Capão Grosso II-A, II-B e II-C, Rua Antônio Aleixo, Chácaras Majestic I e II, Vila Leila II-C. Outros 23 loteamentos estão em outras fases do processo.

Após a regularização, a Prefeitura pode executar obras de infraestrutura – água, esgoto, iluminação, drenagem, pavimentação – e criar espaços públicos destinados aos moradores. Além de mais qualidade de vida, a população ganha segurança jurídica ao ter em mãos o título de propriedade do imóvel, com endereçamento oficial e atendimento de correio.