MEIs de São José e região investem mais de R$ 600 mil em financiamentos

Share:
O valor foi desembolsado pelo Programa Juro Zero Empreendedor, uma parceria do Governo de São Paulo e Sebrae-SP. (Foto: PortalR3)

Encontrar o apoio financeiro necessário para investir no crescimento do próprio negócio nem sempre é fácil, principalmente para quem é microempreendedor individual (MEI). As exigências e burocracias ainda são grandes obstáculos nessa caminhada. Na Região Administrativa de São José dos Campos a boa notícia é que muitos MEIs estão superando essas adversidades com o apoio do Juro Zero Empreendedor, programa do Governo do Estado de São Paulo operado pela Desenvolve SP em parceria com o Sebrae-SP, que financia o crescimento desses empreendedores. Até o momento, R$ 641 mil em financiamentos já foram investidos pelos MEIs locais, movimentando a economia e colaborando para a geração de empregos e renda.

Atuantes em vários setores do mercado, a diversidade dos MEIs é de extrema importância para a economia do Estado. “Cabeleireiro, manicure, lojista, comerciante, carpinteiro, diarista, vendedor ambulante, mecânico, músico, artesão, engraxate, fotógrafo e produtores de alimentos são apenas algumas das centenas de segmentos que compõem a categoria, por isso é fundamental que haja incentivos consistentes para esse público. Em pouco mais de um ano de operações, o Programa tem contribuído justamente para que as atividades dos microempreendimentos continuem a todo vapor”, diz Rafael Bergamaschi, gerente de negócios da Desenvolve SP.

O Programa Juro Zero Empreendedor opera com um ticket médio que varia de R$ 1 mil a R$ 20 mil por financiamento e tem como objetivo dois pontos centrais: capacitar os MEIs e financiar recursos para as atividades do dia a dia de suas empresas. “Além do apoio financeiro é preciso também incentivar o planejamento estratégico, algo essencial para o sucesso de qualquer negócio. A parceria com o Sebrae-SP é muito importante nesse sentido pois a instituição oferece cursos de capacitação e a aprovação do Plano de Negócios, etapas obrigatórias para participar do Programa”, informa Bergamaschi. Outra vantagem oferecida é a facilidade para pagamento, são até 36 meses de prazo para quitar o empréstimo.

A partir do crédito oferecido é possível financiar itens como a compra de equipamentos, acessórios para veículos, veículos utilitários, motocicletas, ferramentas para trabalho e até capital de giro. E além da possibilidade de manter a qualidade dos serviços e produtos, o financiamento também representa uma oportunidade para que diversos empreendedores consigam sair da informalidade e ampliar ainda mais seus negócios.

São José dos Campos é destaque
Os MEIs joseenses estão na dianteira dos desembolsos realizados na região. Juntos somam R$ 185 mil investidos. Além de São José dos Campos, os financiamentos atenderam empreendedores de outras 12 cidades da R.A.: Caçapava, Caraguatatuba, Cruzeiro, Guaratinguetá, Ipiguá, Jacareí, Lorena, Pindamonhangaba, Potim, Taubaté, Tremembé e Ubatuba.