Inscritos para o processo seletivo da Guarda Mirim de Caraguá farão prova no dia 20

Por: Share:
(Foto: Cláudio Gomes/PMC)

A Prefeitura de Caraguatatuba encerrou as inscrições para o processo seletivo da Guarda Mirim no último dia 14 com 418 candidatos. Os inscritos farão a prova no próximo dia 20 (domingo), disputando as 30 vagas disponibilizadas.

As provas serão aplicadas em duas escolas e os inscritos serão distribuídos da seguinte forma: alunos com iniciais do primeiro nome de A a K farão a prova na Emef Prof. Antônio Freitas de Avelar (rua João Marcelo, 302 – Estrela D’Alva); alunos de L a Z, farão a prova na Emef Dr. Carlos De Almeida Rodrigues, Av. Pernambuco, 1.101 – Indaiá. Os portões das escolas serão fechados às 9 horas, portanto, os inscritos devem chegar impreterivelmente antes desse horário.

Os inscritos têm entre 14 e 16 anos e 11 meses; moram em Caraguatatuba há no mínimo três anos; estão matriculados e frequentam o Ensino Fundamental ou o Ensino Médio em algum colégio da rede pública de ensino ou em colégio particular com a comprovação de que possuem bolsa integral de estudo (Bolsa de 100%); e têm renda familiar de até três salários mínimos.

Mais vagas

Outras 30 vagas serão preenchidas e distribuídas por programas sociais geridos exclusivamente pela Prefeitura para pessoas em situação de vulnerabilidade social. A seleção será feita pelo corpo técnico da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania.

As vagas serão distribuídas em dois períodos (manhã e tarde), com carga horária de até 20 horas semanais.

O programa

O Programa de Aprendizagem da Guarda Mirim terá um ano e seis meses de duração, sendo que nos primeiros seis meses o adolescente será aspirante à Guarda Mirim e não será remunerado.

Depois de concluído o curso preparatório, o jovem passa a ser Guarda Mirim e passa receber a bolsa auxílio. A carga horária é de 20 horas semanais dividido em dois períodos (manhã e tarde). As atividades serão desenvolvidas em horário contrário ao período escolar.

O aspirante à Guarda Mirim (primeira fase) passará pela pré-aprendizagem e formação que contará com conteúdos de disciplinas da Base Nacional Comum, aulas de cultura caiçara, que abordarão aspectos históricos e geográficos da região, em especial Caraguatatuba, além de aulas de legislação, cidadania e atividades e projetos complementares.

Nesta fase os integrantes receberão orientações em temas como Defesa Civil, atividade física, ética, cidadania, noções gerais de direito e direito constitucional, noções gerais de legislação e trânsito, além de noções básicas de ecologia e preservação do meio ambiente.

Já o Guarda Mirim (segunda fase) realizará o curso de formação profissional ministrados por uma instituição ainda a ser escolhida, mediantes a legislação vigente, para que os jovens sejam inseridos no mercado de trabalho pelo Projeto Primeiro Emprego.

A sede do programa deverá ser no prédio do Corpo de Bombeiros, que terá uma sala adaptada para as aulas da pré-aprendizagem, além de contar com outras áreas fundamentais para o funcionamento do projeto.

Atualmente, a Guarda Mirim já atende 60 jovens da cidade selecionados no começo de 2018.

O projeto socioeducativo tem como objetivo contribuir com a formação profissional e cidadã desses adolescentes. Enquanto realizam o curso e são aspirantes a Guarda Mirim, os adolescentes recebem uniformes, vale transporte e refeições. Após o curso de seis meses, os participantes recebem também uma bolsa auxílio.