Ilhabela realiza primeira Avaliação de Densidade Larvária

Share:
(Foto: Divulgação/PMI)

A Prefeitura de Ilhabela, por meio da Secretaria de Saúde, realiza a partir da próxima semana, a primeira Avaliação de Densidade Larvária (ADL) do ano. O objetivo do trabalho é verificar os níveis de infestação de larvas do mosquito Aedes aegypti em diferentes regiões da cidade.

O levantamento, feito pela Equipe de Controle de Vetores (CVI), também possibilita saber onde há maior predominância e o tipo de criadouro (recipiente que possa acumular água), mais comum em cada região.

A atividade ocorrerá seguindo metodologia preconizada pela Superintendência de Controle de Endemias (Sucen). Foram sorteadas 152 quadras, com previsão de 843 imóveis a serem visitados por duas equipes, de aproximadamente 20 agentes de combate a endemias, que durante a visita estarão orientando os moradores sobre os cuidados que devem ser adotados para evitar a proliferação do mosquito transmissor.

Com base nos dados obtidos nessa avaliação, serão definidas as melhores formas de combate ao Aedes aegypti no próximo período. Por exemplo, pode-se redirecionar e intensificar algumas medidas ou alterar as estratégias de controle do mosquito adotadas pelo município.

Combate contínuo

A prevenção é uma das principais maneiras de se evitar a Dengue, Febre Chikungunya e o Zika Vírus. Além das ações da Prefeitura, como manutenção e limpeza das áreas públicas e retiradas dos possíveis criadouros do Aedes aegypti das ruas, a população tem papel fundamental para que isso ocorra, segundo explica o Controle de Vetores ilhéu.

“Intensificamos os nossos trabalhos durante o ano, sobretudo na parte educativa. Mas o munícipe precisa entender que a infestação do Aedes aegypti e, consequentemente, a possibilidade do aumento de casos de doenças na cidade é de responsabilidade de todos. Para combater o mosquito, não basta saber, tem que fazer!”, ressaltou o coordenador do CVI, Mario Otavio de Carvalho.

Confira algumas dicas de prevenção:

* Não jogue lixo em terrenos baldios;

* Mantenha a caixa d’água sempre fechada com tampa adequada;

* Jogue no lixo todo objeto que possa acumular água, como embalagens usadas, potes, latas, copos, garrafas vazias e etc;

* Lave semanalmente por dentro com escova e sabão os tanques utilizados para armazenar água;

* Mantenha o saco de lixo bem fechado e fora do alcance de animais até o recolhimento pelo serviço de limpeza urbana;

* Não deixe a água da chuva acumulada sobre a laje;

* Remova folhas, galhos e tudo que possa impedir a água de correr pelas calhas;

* Encha de areia, fure ou vire os pratinhos de plantas;

* Guarde pneus em lugares cobertos;

* Mantenha a piscina sempre tratada com cloro;

* Guarde garrafas e baldes sempre virados para baixo;

* Mantenha a tampa do vaso sanitário abaixada;

* Substituir bromélias por outro tipo de planta que não acumule água;

* Ao sair de casa, feche a tampa dos ralos internos ou cubra-os com tapetes ou objetos.