Prefeitura de Pinda discute vinda de empresas com Sindicato dos Metalúrgicos

Por: Share:
O prefeito dr. Isael Domingues em reunião com o presidente do sindicato, Herivelto Vela, na sede do sindicato. (Foto: Guilherme Moura)

O prefeito de Pindamonhangaba, dr. Isael Domingues, esteve na quinta-feira, dia 6, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, para discutir a vinda de novas empresas para a cidade.

Entre as novas indústrias, duas são metalúrgicas, a Guangdong DCenti (Brasil) Autopeças Ltda, e a Nacional Indústria Mecânica Eireli, que juntas vão gerar mais de 100 empregos diretos. Outras duas fábricas são do ramo químico, a Ecolyzer Laboratórios Ltda., e Anidrol Produtos para Laboratórios Ltda.

Nesta segunda-feira, dia 10, está prevista a votação de dois projetos de doação de área para essas metalúrgicas na Câmara Municipal. A DCenti Autopeças pretende investir R$ 8 milhões nos próximos 2 anos, sendo R$ 1,7 milhão já no próximo trimestre, para fabricar rodas automotivas, e a Nacional Indústria Mecânica Eireli é uma empresa de caldeiraria que pretende investir R$ 4,6 milhões, sendo R$ 1,1 milhão no próximo semestre.

O presidente do sindicato, Herivelto Vela, que já havia participado da sessão da Câmara do dia 3, comemorou a vinda de novas indústrias. “É importante esse diálogo das instituições. O sindicato fica feliz com o investimento e sempre reivindica das empresas que priorizem pessoas da cidade nas contratações. Não é justo uma fábrica receber área, receber incentivos fiscais e depois trazer muitas pessoas de outros estados. Esse sindicato sempre busca o diálogo, a negociação, e vamos acompanhar isso também”, disse Vela.

O prefeito Isael ressaltou a importância da indústria para a cidade. O último registro do Caged apontou saldo positivo de 947 contratações este ano, à frente de cidades como São José dos Campos, Taubaté e Guaratinguetá, e o setor que mais apresentou crescimento foi justamente a indústria, com 600 vagas, seguido pelo setor de serviços e construção civil.

“Estamos realizando um trabalho sério que se reflete nos números de geração de emprego, desenvolvimento econômico e social de Pindamonhangaba”, disse.

Recomendados para você