Lei Seca encerra o ano com Papai Noel e homenagem aos condutores conscientes em São José

Por: Share:
Ações da Lei Seca em 2018 abordaram mais de 9 mil pessoas em 100 ações realizadas. (Foto: Divulgação)

Ter um bom comportamento durante o ano é a exigência do Papai Noel para presentear as crianças. E vai ser com este argumento que o programa Lei Seca da Prefeitura de São José dos Campos vai fechar o ano, entrando nos bares da região central nesta sexta-feira (21) para homenagear os condutores conscientes de 2018.

Por volta das 19, o grupo, composto por três atores caracterizado com personagens de Natal, entra no primeiro bar para conversar com as pessoas e homenagear aqueles condutores que tiveram um bom comportamento em 2018, ou seja, não dirigiram depois de beber. O prêmio para “bons” meninos e meninas no trânsito será uma chave de carro simbólica do programa Lei Seca #PorMaisSorrisos.

A ação também será realizada no dia 28 de dezembro, antes do feriado do Réveillon. A expectativa é abordar os frequentadores de dez bares de São José dos Campos nos dois dias.

#Por mais Sorrisos

Com o slogan “Por mais Sorrisos”, o programa Lei Seca abordou mais de 9.000 pessoas em 100 ações realizadas em 2018.

O destaque do programa neste ano foi as ações realizadas durante da Copa do Mundo, onde as seleções masculina e feminina de futebol foram aos bares para orientar as pessoas sobre os riscos do consumo de bebidas alcóolicas e direção, especialmente nos dias em que o Brasil jogou, quando as comemorações costumam ser mais intensas.

Além das abordagens nos bares ao longo da Copa, também foram realizadas 29 blitze, sempre após os jogos da Seleção Brasileira, em vários pontos da cidade. Quase 2.100 pessoas foram abordadas pelas polícias militar, civil, rodoviária estadual e rodoviária federal; Detran (Departamento Estadual de Trânsito), Guarda Civil Municipal, além dos agentes de trânsito.

Neste período, o município registrou menos acidentes de trânsito pelas ruas e avenidas da cidade, se comparado com o mesmo período da Copa do Mundo de 2014, realizada no Brasil. O levantamento é baseado nos registros de acidentes atendidos pelos agentes de trânsito da Prefeitura. Foram 51% menos ocorrências que em 2014.

Veja também