Duas brasileiras entre as top 10 do mundo no lançamento do disco em 2018

Share:
Andressa Morais (Foto: Wagner Carmo/CBAt)

O Brasil tem duas atletas entre as Top 10 no Ranking Mundial do lançamento do disco em 2018. A primeira é a paraibana Andressa Oliveira de Morais (Pinheiros), sétima colocada com 65,10 m, e a segunda é a gaúcha Fernanda Raquel Borges Martins (Orcampi Unimed), oitava com 64,66 m.

Andressa bateu seu recorde sul-americano ao superar a barreira dos 65,00 m no Grande Prêmio Brasil Caixa de Atletismo, no dia 8 de julho, em Bragança Paulista (SP). A atleta participou de etapas da Liga Diamante na temporada.

Na final do circuito, disputada no dia 31 de agosto, em Bruxelas, na Bélgica, Andressa conquistou a medalha de prata, enfrentando as principais atletas do mundo. Ela é treinada pelo cubano Julián Mejía no Centro Nacional de Desenvolvimento de Atletismo (CNDA), da CBAt, em Bragança Paulista.

Fernanda Borges também teve um ano muito bom, batendo seu recorde pessoal no Troféu Brasil, em 15 de setembro, com 64,66 m. Ela treina com João Paulo Alves da Cunha e participou de competições no exterior.

A medalha de bronze no Meeting Gala dei Castelli Bellinzona, na Suíça, foi seu grande resultado. Na prova, ela só foi superada pela croata Sandra Perkovic, bicampeã olímpica e bicampeã mundial, e pela cubana Yamé Pérez, campeã da Liga Diamante.

No lançamento do dardo, o destaque foi a cearense Laila Ferrer (Pinheiros), 17ª colocada no Ranking Olímpico (que leva em conta três atletas por país), com 62,39 m, marca obtida em Zagreb, na Croácia, no dia 29 de julho. No dardo masculino, o líder do Ranking Nacional é Pedro Luiz do Prado Barros (Orcampi Unimed), com 76,32 m.

Já no lançamento do martelo, o Brasil tem dois atletas entre os 50 melhores do mundo no Ranking Olímpico: o pernambucano Wagner José Alberto Domingos (Orcampi Unimed), 38º, com 74,56 m, e o paulistano Allan da Silva Wolski (Pinheiros), 50º, com 73,45 m. No feminino, a número 1 do Brasil é Mariana Grasielly Marcelino, com 66,93 m.