Caraguá: Campanha #NãoéMito recebe 18,9 quilos de lacres da Emei/Emef da Tabatinga

Por: Share:
Crianças e adultos posam com caixa de papelão onde estão os lacres arrecadados. (Fotos: JC Curtis/Fundacc)

As escolas municipais de Caraguatatuba encerram a participação na campanha #NãoÉMito dando um show de solidariedade. Nesta quinta-feira (6) foi a vez da comunidade escolar da Emei/Emef Pedro João de Oliveira.

Os alunos arrecadaram quase 19 quilos de lacres de latinhas e fizeram a entrega à presidente da Fundacc – Fundação Educacional e Cultural de Caraguatatuba Silmara Mattiazzo.

Pedindo em casa, nos quiosques, para os vizinhos, eles aprenderam um pouco mais sobre o trabalho em comunidade. O pequeno Thales Andrei, 10 anos, conseguiu quase cinco quilos e a ajuda até do avô. Tudo colocado em sacolinhas para levar par a escola.

Ana Helena, 6 anos, fez questão de levar uns 29 lacres para a escola. Aproveitando que a avó tem um mercado, ela pegava os lacres todos os dias.

A coordenadora da Emei/Emef, Pricila Perossi Magalhães, se mostrou orgulhosa de seus meninos e da repercussão da campanha. “Começamos com uma garrafa PET de 2 litros, mas ela ficou pequena para o coração de cada um deles”.

Mesma emoção passou a diretora Telma Soares dos Santos Carmo. Ela mandou bilhete para os pais e a adesão foi grande. “A cada dia os alunos traziam lacres para a escola e tinha uma ação porque eles sabiam que havia um cadeirante na escola. Foi paixão mesmo e a comunidade é muito participativa”.

Emocionada, a presidente Silmara Mattiazo demonstrou gratidão à gestão e aos alunos e destacou como querer é poder. “São 200 alunos, um escola pequena que conseguiu a maior quantidade de lacres dentro do município”.

A soma dos lacres arrecadados vai permitir que o município consiga uma cadeira de roda personalizada para ser doada a uma criança de 5 a 14 anos. Os lacres vão para o Instituto Entre Rodas que irá produzir a cadeira especial.

Para garantir o veículo são necessários 800 quilos do material em alumínio. Cada garrafa PET de 2 litros pode acondicionar até 2.700 unidades. A indicação para o recebimento da cadeira será das Secretarias de Saúde (Sesau) e dos Direitos da Pessoa com Deficiência e do Idoso (Sepedi).