Batalhão Borba Gato realiza pela 1ª vez a passagem da função Adjunto de Comando

Por: Share:

Em uma cerimônia realizada na manhã desta quarta-feira, dia 19 de dezembro, o 2º Batalhão de Engenharia de Combate, unidade do Exército Brasileiro em Pindamonhangaba (SP), realizou pela primeira vez em sua história, a passagem do cargo de adjunto de comando, do 2º tenente Sammer Geraldo Harfouche ao ST Elinton José de Mello.

Ainda pouco conhecida dentre da estrutura organizacional do Exército Brasileiro, o cargo de Adjunto de Comando foi criado através de portaria do Estado-Maior do Exército em 10 de maio de 2016, após o projeto-piloto ter sido implantado no ano anterior em algumas organizações militares do país.

Subtenente J. Mello (esquerda), novo adjunto de comando do Batalhão e o 2º tenente Harfouche, adjunto substituído. (Foto: Luis Claudio Antunes/PortalR3)

A função tem como um dos objetivos distinguir o subtenente ou o primeiro-sargento que apresente destacada liderança, reconhecida competência profissional e ilibada conduta pessoal. A ideia foi concebida com a finalidade de valorizar a carreira do graduado e para ser um facilitador na Comunicação entre o Comando e as praças.

O comandante do 2º Batalhão de Engenharia de Combate, tenente-coronel Conrado José Sales Mororó explicou a importância da função. (vídeo)

Durante a cerimônia no pátio interno do Batalhão Borba, houve o hasteamento do Pavilhão Nacional e o ato de transmissão de cargo, com o novo comandante da Unidade dirigindo-se pela primeira vez à tropa.

Tenente-coronel Conrado fala à tropa durante a formatura no pátio interno do Borba Gato. (Foto: Luis Claudio Antunes/PortalR3)

O 2º tenente Harfouche foi o primeiro graduado a exercer a função de adjunto de comando no Batalhão Borba Gato. Depois de dois anos, deixa a função e fala sobre a experiência no cargo (vídeo).

Subtenente J. Mello é o novo Adjunto de Comando do Batalhão. (Foto: Luis Claudio Antunes/PortalR3)

O subtenente J. Mello exercerá a função pelos próximos dois anos. Militar com diversos cursos de aperfeiçoamento e medalhas concedidas pelos relevantes serviços prestados ao Exército Brasileiro, o subtenente fala sobre o cargo e sua relevância para o Batalhão. (vídeo)

A cerimônia em Pindamonhangaba foi encerrada com o destino da tropa.

Veja também