Aparecida Debate discute a redução da maioridade penal no Brasil

Por: Share:
(Foto: Divulgação/TV Aparecida)

Nesta quarta-feira (19), às 21h30, o Aparecida Debate vai abordar mais um tema polêmico e atual no Brasil: a redução da maioridade penal. E para discorrer sobre o assunto na TV Aparecida, o jornalista Marcelo Zanini receberá o padre Gianfranco e o advogado Leonardo Villas Bôas Macena.

O jornalístico vai mostrar a quantas anda a proposta de redução da maioridade penal, que já passou pelo Congresso por diversas vezes, sem de fato ter um resultado definitivo.

A matéria, considerada polêmica, voltou à tona durante a última campanha eleitoral. Inclusive, sendo uma das propostas de governo do Presidente eleito, Jair Bolsonaro. Acredita-se que com a eleição do executivo, a pauta será uma das prioridades em Brasília.

Reprodução TV Aparecida

O Aparecida Debate discorrerá sobre os motivos alegados para a proposta de mudança. Um deles é a grande sensação de insegurança por parte da população, que leva uma parte da sociedade a acreditar que essa seria uma das soluções para violência. Por outro lado, o programa vai mostrar que diversas entidades criticam a medida. Portanto, os prós e os contras desta temática serão debatidos nesta quarta-feira.

A atração vai destacar ainda a última pesquisa Datafolha sobre o tema, realizada em novembro de 2015. Ela revelou que 84% da população é favorável à redução da maioridade penal de 18 para 16 anos. Dos que são favoráveis, 64% declararam que a medida deve valer para qualquer tipo de crime, enquanto para 36%, apenas para determinados crimes.

Convidados da produção

Um dos debatedores do tema é o padre Gianfranco, vice coordenador nacional da pastoral carcerária e missionário da Consolata. Italiano, formado em teologia pela Pontifícia Universidade Urbaniana, em Roma e mestre em missiologia pela Pontifícia Universidade Gregoriana. Ele realizou trabalho missionário entre 1991-1999, em Moçambique. E em 2001, já no Brasil, em Roraima, se dedicou à vida paroquial entre os colonos. De 2002 a 2006 viveu entre o povo Yanomami.

Leonardo Villas Bôas Macena , é advogado especialista em processo penal e processo penal militar. Ele atua em uma consultoria jurídica de Lorena (SP). Já foi subsecretário de negócios jurídicos e assessor legislativo. O advogado trabalhou por 12 anos como policial militar, atuando na Rota e na equipe de choque.

Aparecida Debate, quarta-feira, às 21h45.