Palmeiras e Santos fazem clássico decisivo neste sábado pelo Brasileirão

Por: Share:

Os 17 pontos que separam o líder Palmeiras do sétimo colocado Santos na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, não impedem que o clássico deste sábado, às 19h, no Allianz Parque, seja decisivo.

Válido pela 32ª rodada da competição, o jogo tem importância distinta para os rivais históricos, já que enquanto os donos da casa jogam pelo título, os visitantes buscam uma vaga no G6 e na Libertadores do ano que vem. Ambos ostentam as melhores campanhas do segundo turno.

Vindo de eliminação pela Libertadores em casa para o Boca Juniors, o Palmeiras agora terá a possibilidade de focar somente no Campeonato Brasileiro, onde tem boa condição para ficar com o título. Após arrancada espetacular -são 16 jogos sem derrotas-, o time comandado por Felipão lidera o returno tem quatro pontos à frente do segundo colocado na tabela de classificação. Se vencer, pode encerrar a rodada com sete pontos a mais que o vice.

Sem contar com o meia Moisés, suspenso, o técnico Luiz Felipe Scolari terá também a ausência do atacante Willian, que sentiu a coxa na última quarta-feira (31), além de Marcos Rocha e Jean, que seguem no departamento médico. Bruno Henrique, com desgaste físico, é dúvida. Desta maneira, Felipão deve mandar a campo o time com Weverton; Mayke, Luan, Gustavo Gomez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique (Thiago Santos), Lucas Lima e Gustavo Scarpa (Hyoran); Dudu e Deyverson.

Também embalado na competição -perdeu apenas um dos últimos 13 jogos- o Santos é o segundo melhor time do returno e encostou na briga por uma vaga na Taça Libertadores da América. Em sétimo com os mesmos 46 pontos do sexto colocado Atlético Mineiro, se não perder, o time da Vila Belmiro pode deixar a equipe mineira para trás e assumir sua melhor posição em todo o campeonato.

Com os retornos dos zagueiros Luiz Felipe e Gustavo Henrique, que cumpriram suspensão na última rodada, o técnico Cuca não tem problemas com suspensões, já que o também Robson Bambu, com três cartões amarelos acumulados, já não deve jogar mais pelo clube. Assim, Cuca deve ter Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Dodô; Alison, Diego Pituca e Carlos Sanchez; Rodrygo, Gabriel e Bruno Henrique.