No Congresso, Temer defende reuniões frequentes entre Poderes

Por: Share:
Sessão solene em comemoração aos 30 anos da Constituição Federal no Congresso. (Foto: José Cruz/Agência Brasil/Agência Brasil)

Ao participar nesta terça-feira (6) da sessão solene em comemoração aos 30 anos da Constituição Federal no Congresso, o presidente da República, Michel Temer, disse que a Carta Magna trouxe “inegáveis” avanços à democracia brasileira e lembrou, como deputado constituinte que foi, que a expressão Estado Democrático, tão falada, é sinônimo de Estado de Direito.

Ao citar o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, que o antecedeu Temer sinalizou que é simpático à ideia de que os representantes dos Três Poderes se reúnam frequentemente. “Sei que o presidente Toffoli já conversou com o presidente Jair Bolsonaro, já conversou conosco, com os membros do Congresso Nacional para que permenentemente, mensalmente ou bimensalmente, haja um encontro dos chefes de Poderes para que possam direcionar o país no caminho que a Constituinte de 1988 nos indicou. Não tenho dúvida que a Constituinte indicou o melhor caminho”, disse, ao destacar que “o povo é o verdadeiro titular o poder”.

O presidente da República lembrou ainda que foi deputado por 24 anos e que, para ele, a palavra que simboliza a cerimônia é “recordação”. Neste sentido, disse que a Constituição jamais pode ser esquecida.

A solenidade no Congresso também teve a participação da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, do presidente eleito, Jair Bolsonaro e de parlamentares, atuais, constituintes e eleitos.

Recomendados para você