Mobilização na TenarisConfab evita demissões, afirma Sindicato dos Metalúrgicos

Por: Share:
Após uma semana de discussão, assembleia aprovou nessa segunda-feira o novo plano apresentado pela empresa para amenizar demissões. (Foto: Guilherme Moura)

Os trabalhadores da Tenaris Confab aprovaram nessa segunda-feira, dia 26, uma nova proposta a respeito das 350 demissões na fábrica. Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de Pindamonhangaba, após ameaça de greve, a empresa ampliou o número de trabalhadores nos programas e reduziu o número de demissões para 85.

Com isso o número de empregos preservados chega a 75% das demissões anunciadas. O pacote inclui três medidas: O lay-off (programa do Ministério do Trabalho que custeia parte do salário) foi ampliado de 100 para 176 pessoas na unidade Tubos; a empresa dará férias para 90 pessoas, que foi uma das medidas reivindicada pelo sindicato; e o work-sharing (redução de jornada e salário) foi mantido para 70 funcionários da unidade Equipamentos. O pedido de PDV (Plano de Demissão Voluntária) não foi aceito pela empresa, que discutiu a reivindicação com a matriz, na Argentina.

Outro lado – A TenarisConfab se posicionou sobre o assunto através de nota

“Na manhã de hoje, 26 de novembro, o Sindicato dos Metalúrgicos realizou uma assembleia na planta de Pinda da TenarisConfab, em que foi aprovada a proposta da empresa para minimizar demissões após a finalização de seu principal projeto de exportação, que representava mais de 80% do volume de produção da fábrica.

A proposta consiste em colocar até 176 pessoas em lay-off: suspensão temporária do contrato de trabalho, na qual o vínculo empregatício é mantido, porém, parte da remuneração é feita através do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Além disso, a empresa fará aproveitamento de pessoal em obras internas e desligará 85 pessoas, mantendo os direitos à cesta e brinquedos de Natal e extensão do plano de saúde por mais um mês.

Mesmo com a baixa demanda por projetos no setor de óleo e gás no Brasil, serão mantidos mais de 1.000 empregos e a empresa segue com atuação relevante na comunidade, com projetos que impactam diretamente mais de 6 mil pessoas por ano.”

Veja também