Escola de Ilhabela utiliza aulas de culinária como ferramenta de aprendizagem

Por: Share:
Projeto tem feito a diferença quanto o vínculo afetivo e o comportamento de muitos alunos. (Foto: Divulgação/PMI)

Tem cheirinho de comida gostosa no ar! Um projeto tem feito a diferença na aprendizagem e na interação dos alunos da E.M. Professora Maria Thereza de Freitas Vidal, as aulas de culinária.

A unidade localizada no bairro do São Pedro atende crianças do Ensino Fundamental I. Segundo a diretora, Maria Rosa Simões. A culinária está sendo a menina dos olhos das aulas eletivas. “Ela trouxe um gás novo aos nossos estudantes, e trabalha com muitos conceitos matemáticos, de linguagem e diversas habilidades”, comentou.

No projeto idealizado pela professora Maria Luiza Martins Oliveira, consta até a construção de um fogão à lenha, confeccionado por ela e seu marido.

O fogão é uma atração à parte para os alunos da escola. “Os métodos de aprendizagem precisam ser renovados e transformados de tempos em tempos.

O que chamava atenção há 10 anos, já não causa tanta euforia nos dias de hoje. Por isso investimos em capacitações e qualificações para os nossos professores, pois ajudam na elaboração de novos projetos, conceitos e idéias, para serem implantados em nossas escolas”, explicou a secretaria de Educação, Yeda Lopes.

A coordenadora pedagógica Cleidinéia da Silva Oliveira, acompanha o trabalho da professora e destaca o quanto o vínculo afetivo tem feito a diferença no comportamento de muitos alunos. “Isso sem contar a carinha de felicidade das crianças com a finalização das receitas na hora da degustação. Meninos e meninas empenhados nas aulas e pondo a mão na massa literalmente”, disse.

As aulas de culinária também contam com a produção de alimentos, na própria unidade, com os projetos “Horta nas escolas” e “Resíduo zero nas escolas”, que tem como objetivo trabalhar com conceitos de sustentabilidade e reaproveitamento dos alimentos, diminuindo o desperdício.

Um novo projeto está por vir. “As aulas de culinária irão até o final do ano letivo e terá como culminância a confecção de um Livro de Receitas Ilustrado, a ser entregue para cada estudante; e teremos o sorteio de uma cesta de doces e biscoitos caseiros, preparado pelos alunos para esse fim”, finalizou a diretora.

Durante o ano letivo deste ano, a equipe pedagógica da unidade elaborou um cronograma de aulas eletivas para o período integral como futsal, em parceria com a Secretaria de Esportes; karatê, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social; aulas de dança, jogos e brincadeiras; e apoio a leitura e matemática com culinária.