Empreendedores de Ubatuba participam de oficina sobre Fluxo de Caixa

Por: Share:
Iniciativa oferecida pelo Sebrae aconteceu na segunda-feira, dia 26. (Foto: Divulgação/PMU)

Para orientar empreendedores que se preparam para mais uma temporada de verão, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae Aqui Ubatuba trouxe mais uma atividade para o município.

A oficina “Fluxo de Caixa – Informações e ferramentas práticas para garantir a saúde financeira de seu negócio” aconteceu na segunda-feira, 26, e foi sediada na Associação Comercial de Ubatuba (Aciu).

A formação gratuita contou com a presença de empresários, ambulantes, interessados em ter seu próprio negócio, profissionais liberais dentre outros, e foi ministrada pela analista de negócios do Sebrae, Tatiana Amorim.

Foram abordados assuntos como o passo a passo para preparar e entender as movimentações de um negócio, incluindo o controle de entradas e saídas, contas a pagar e a receber, fluxo e projeção de caixa.

A oficina é uma realização do Sebrae Aqui Ubatuba com o apoio da Prefeitura Municipal, Aciu e Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Ubatuba (Sinhores Litoral Norte).

O Sebrae Aqui Ubatuba fica na av Dona Maria Alves, 850, e atende de segunda à sexta-feira, das 9h às 17horas.

Confira o currículo da palestrante Tatiana Amorim:

Atualmente como analista de negócio no Sebrae, Tatiana tem experiência de 10 anos em instituições financeiras, 06 anos em atendimento consultivo para planejamento e abertura de novos negócios, gestora de equipes terceirizadas, ministrou centenas de cursos e palestras sobre gestão empresarial, 3 anos de experiência como micro-empresária setor de alimentação e varejo.

Depoimentos

Caio Taira – planeja abrir um pequeno negocio

Ainda não possui empresa, mas disse que frequenta os cursos regularmente para não se aventurar e investir em algo de forma equivocada. “ O fluxo de caixa é algo bem acessível a todos, não é preciso contratar alguém ou fazer uma faculdade especifica para poder lidar com esses números.”

Geni Xavier – estacionamento de veículo e lava rápido ecológico Vera verão

Eu era predadora da minha própria empresa e o Sebrae me ajudou a ter essa clareza e me exercitar para eu pensar o que eu poderia mudar e eu mudei. Tive acesso ao banco do povo, que facilitou minha vida por meio de investimento; hoje eu sei exatamente qual é meu produto e, hoje também, trabalho com estoque. Devo isso ao Sebrae.

Patricia Gonzales – ambulante de alada de frutas na praia

Os cursos do Sebrae estão sendo muito importantes para mim, na área de fluxo de caixa, marketing e outras atividades. O Sebrae está dando uma oportunidade muito grande para poder crescer no comércio de Ubatuba.

Fabio Insard – clinica medica Astro

É imprescindível conhecermos as ferramentas e estratégias para não misturar valores e números financeiros da pessoa física com a jurídica. O Sebrae trouxe algo de uma forma simples, um exercício que fizemos em sala de aula, mas que é o que vivenciamos no cotidiano.

Diego Santos – Cafeteria Diju cafezinho

Arquiteto, Santos possui um escritório há 14 anos e, há dois, ele e o sócio decidiram abrir um café ao lado do escritório. No início, eles não tinham nenhuma visão do que poderiam fazer. “ Entendi que era preciso entender a fundo o que é uma pequena empresa e ter o conhecimento de gestão. O Sebrae tem ajudado bastante a gente, dando um norte para sabermos o que é melhor para uma empresa.