Dia do Mercado é celebrado com homenagens na Câmara de Taubaté

Por: Share:
Gorete e Maria Tereza Lemes. (Foto: Geysel Rodrigues/Câmara)

A Câmara de Taubaté homenageou, durante a sessão deste 5, o Mercado Municipal de Taubaté e duas personagens ligadas ao local: Maria Teresa Lemes e Sidinéia Aparecida Monteiro. O discurso e a entrega das homenagens foram realizados pela vereadora Gorete (DEM).

Localizado no centro, onde surgiu no ano de 1841 na chamada “região do tanque”, o Mercado começou a se desenvolver a partir da convergência de comerciantes da cidade e região que ali se concentravam para negociar os mais diversos tipos de produtos. Da necessidade de adequação do espaço para melhor acomodar esse público, foi oficialmente inaugurado no dia 10 de novembro de 1889.

Com grande importância no aspecto cultural, o Mercado sempre foi ponto de reunião de um público eclético, que engloba desde os mais humildes feirantes e consumidores até as mais ilustres personalidades, promovendo assim uma grande interação entre a população. Sob o aspecto socioeconômico, não são poucas as histórias de feirantes e comerciantes que criaram e formaram os seus filhos graças ao trabalho desenvolvido no local.

Natural de Taubaté, a feirante Maria Teresa começou a trabalhar no Mercado há dez anos, assumindo a banca que durante 20 anos permaneceu com o seu filho mais velho, Adilson. Profissionalmente exerceu as funções de cozinheira, chapeira e costureira. Acompanhada pela filha caçula, Patrícia, trabalha na feira sempre aos finais de semana. “Obrigada a todos pela homenagem, estou muito feliz por recebê-la!”

Sidinéia é natural de São Bento do Sapucaí (SP). Começou a trabalhar aos 14 anos como operária na CTI. Aos 25 anos assumiu a tesouraria da Escola Padre Anchieta.

Cinco anos mais tarde começou a trabalhar como comerciante no Mercado, no ramo de confecção, onde permanece até hoje. “Agradeço a Deus por me permitir estar aqui com vocês. Falar desses 40 anos de trabalho é muito bom. Agradeço aos meus colegas de trabalho que me ajudam em tudo, somos praticamente uma família.”