Santos arranca empate no Beira-Rio e segue na briga pelo G-6 do Brasileirão

Por: Share:
Inter e Santos pelo Brasileirão 2018. (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

Em jogo muito emocionante, o Santos ficou no empate por 2 a 2 com o Internacional, no Beira-Rio, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, e se aproximou um pouco mais do Atlético Mineiro na luta por uma vaga na Libertadores da América de 2019.

Com o empate o Santos foi a 43 pontos, seguindo na sétima colocação e na busca de um espaço no G6. O Atlético Mineiro, que está em sexto, tem três pontos a mais que a equipe de Cuca.

Já o time gaúcho, em terceiro com 57 pontos, tem cinco a menos que o Palmeiras, primeiro colocado. Entre eles ainda está o Flamengo, em segundo com 58.

Ao contrário do que era esperado, foi o Santos que começou a partida com mais ímpeto ofensivo. O time visitante conseguiu pressionar o adversário na maior parte da primeira etapa e por pouco não abriu o placar com Gabriel, que arriscou um chute por cobertura e acertou o travessão.

O Inter só começou a responder aos 40 minutos, quando Victor Cuesta cruzou na cabeça de Edenílson e o goleiro Vanderlei praticou bela defesa para evitar o gol.

Três minutos mais tarde, o ataque colorado foi fatal. Patrick tabelou com Edenílson, que tocou na saída de Vanderlei. O zagueiro Luiz Felipe ainda salvou o Santos, cortando a bola em cima da linha, mas ela sobrou para Leandro Damião completar de cabeça e balançar as redes.

O segundo tempo começou assim como o primeiro, com o Santos partindo para cima. Mas, dessa vez a pressão deu resultado. Aos cinco minutos, Gabriel recebeu na entrada da área e bateu com muita precisão. A bola ainda tocou na trave e morreu no fundo do gol, indefensável para o goleiro Marcelo Lomba.

Aos dez minutos, o lance mais polêmico do jogo. Vitor Cuesta dividiu com Carlos Sánchez e a bola sobrou para Damião marcar. O árbitro mineiro Ricardo Marques Ribeiro demorou mais de seis minutos para consultar seus assistentes, mas terminou por anular a jogada por impedimento do atacante do Inter.

Aos 26 minutos, o Inter fez mais uma trama precisa no ataque. E dessa vez valeu. Em contra-ataque fulminante, Edenílson lançou Nico López, que deixou Patrick em condições de bater de primeira para o gol.

O Santos voltou a empatar a partida aos 33 minutos em falha da defesa colorada. Gabriel bateu e Lomba defendeu. No rebote Fabiano se complicou e acabou marcando gol contra.

Os minutos finais foram de pressão do Inter e o Santos apostando nos contra-ataques. Os dois times tiveram chances e poderiam ter marcado o gol da vitória, mas ninguém mais mexeu no placar.

O Santos volta a campo neste sábado, 27, às 16h30, diante do Fluminense na Vila Belmiro. O Inter enfrenta o Vasco, em São Januária, na sexta.

Veja também