Projeto de educação ambiental da Prefeitura de Jacareí recebe apoio da Fibria

Por: Share:
O objetivo do projeto, que conta com 36 educadores de duas escolas, é criar em conjunto um plano de educação ambiental para toda a rede municipal de ensino. (Foto: Fibria)

Jacareí 15 de outubro de 2018 – A Fibria, empresa brasileira líder mundial na produção de celulose de eucalipto a partir de florestas plantadas, incentiva ações que promovam a educação e a preservação ambiental. Em Jacareí (SP), O Núcleo de Educação Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente desenvolve um projeto-piloto de educação ambiental, em duas escolas da rede pública da cidade, que conta com o apoio da Fibria.

Um grupo de 34 professores e duas coordenadoras pedagógicas da EMEF Profª Adélia Monteiro e da EMEI Prof João Lino Filho participaram de planejamentos estratégicos, diálogos construtivos e vivências. O objetivo foi definir um perfil sustentável para as escolas, por meio de atividades de sensibilização sobre a importância da preservação do meio ambiente e da mudança de hábitos junto a 755 alunos das duas instituições.

Foram realizados sete encontros durante o primeiro semestre, envolvendo professores, responsáveis e os próprios alunos. Nas primeiras reuniões, foram apresentados o Programa Municipal de Educação Ambiental, as políticas nacional e estadual voltadas à área e o trabalho de educação ambiental aplicado no NEA da Fibria e no Núcleo de Educação Ambiental da Secretaria. .

“A Fibria e a Prefeitura têm uma visão similar sobre a necessidade de sensibilização para as questões de preservação do meio ambiente, apostando na responsabilidade compartilhada e no envolvimento da comunidade. A intenção é disseminar conceitos importantes que possam ser trabalhados durante o ano letivo. Esperamos que o projeto-piloto tenha êxito e possa ser ampliado para todas as escolas municipais da cidade”, afirma Camila Reggiani da Silva, consultora de Meio Ambiente Industrial da Fibria.

“Estamos fazendo uma mobilização para atrair os pais para a escola, para depois investir na educação ambiental. O envolvimento de todos é fundamental para resgatar valores. Nossa proposta é mostrar que o primeiro passo é ter cuidados consigo mesmo para, em seguida, conscientizar sobre a importância da preservação do meio ambiente. Os professores estão animados, sugerindo vários projetos”, acrescenta a professora coordenadora da EMEI Prof João Lino Filho, Roberta Montenegro Grigioni.

Desde o mês de setembro, oficinas práticas estão sendo desenvolvidas no NEA da Fibria para contribuir com o desenvolvimento do perfil sustentável da escola. No local será realizada oficina de papel artesanal, para diminuir os resíduos produzidos na escola, e uma oficina de geotinta para melhorar a qualidade de tinta utilizada pelos alunos, pensando no baixo custo da técnica.

Veja também