Professores do Cephas em São José criam cápsula do tempo que será aberta em 2025

Por: Share:
Professores do Cephas escrevem mensagem para cápsula do tempo, que será aberta em 2025. (Foto: Divulgação/PMSJC)

Na penúltima semana do mês em que se comemora o Dia do Professor, os docentes do Cephas (Centro de Educação Profissional Hélio Augusto de Souza) foram convidados a pensar no que eles desejam para a escola para os próximos sete anos – ocasião do Jubileu de Prata da Instituição de Ensino.

Nesta quarta (24), às 10 horas, na Rua Tsunessaburo Makiguti, 399 – Floradas de São José, professores, alunos e equipe técnica vão enterrar a cápsula do tempo, no jardim da escola.

Mais de 40 profissionais escreveram uma “Carta para o Futuro”, onde falaram um pouco de si mesmos, com suas trajetórias de vida, sobre o que deveria ser preservado e que notícia gostariam que fosse realidade no dia 3 de junho de 2025.

Abel Augusto Ramos Ferreira é professor de Eletrônica e estava emocionado com a perspectiva de poder participar deste momento que, segundo ele, será inesquecível. “Eu visualizo uma cena de forte emoção quando abrirmos a cápsula e vermos se aquilo que escrevemos hoje, de fato se realizou”.

“Desejo muito estar presente neste momento e ver que essa escola de excelência terá dado ainda mais oportunidades aos nossos estudantes para que eles se desenvolvam, cada vez mais, e que tenhamos ainda mais orgulho de fazer parte dessa transformação”, completou Abel.

Para a responsável pedagógica Ruth Zorneta, participar desse momento é traduzir em palavrar os sonhos e expectativas quanto ao trabalho desenvolvido pelo Cephas no seu campo de atuação e o quanto de valor ele agregará aos estudantes de hoje e do futuro.

Abertura da cápsula

Todos aqueles que contribuíram com mensagens depositadas na cápsula do tempo deverão participar da abertura, em 2015.

Serão sorteadas algumas mensagens que serão lidas após a abertura e as demais vão se transformar em uma “carta digital”, que será divulgada publicamente.

Sobre o Cephas

O Cephas é uma escola técnica da Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza), mantida pela Prefeitura de São José dos Campos, que incentiva a inclusão social por meio da educação profissional , oferecendo cursos técnicos gratuitos e  de qualificação profissional.

O Centro fica na Rua Tsunessaburo Makiguti, 399 – Floradas de São José, São José dos Campos.