Entidades do audiovisual lançam cartilha contra o assédio

Por: Share:

Representantes das principais entidades do audiovisual do País se reuniram nesta quarta-feira (17), no Rio de Janeiro, para anunciar o lançamento da Cartilha Antiassédio, documento criado em regime colaborativo que busca combater e prevenir o problema no setor. O material é resultado do Pacto de Responsabilidade Antiassédio Sexual no Setor do Audiovisual.

A cartilha foi apresentada durante o 1º debate antiassédio no setor audiovisual, realizado na sede da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). Diretora da Agência Nacional do Cinema (Ancine), Debora Ivanov, destacou a importância da iniciativa.

“O assédio tem sido pautado na mídia e nas redes sociais. Mas do ponto de vista das empresas, pouco se faz. É a primeira vez que vejo em nosso setor uma ação conjunta, que demandou muito tempo de construção. Entre a ideia de se construir um pacto até se realizar, foram muitos meses de trabalho”, observou.

A cartilha
O material fornece informações, recomendações de procedimentos diante de comportamentos abusivos e boas práticas em casos de assédio.

A elaboração da Cartilha Antiassédio teve a participação de diversas entidades ligadas ao audiovisual, tais como a Associação Brasileira da Produção de Obras Audiovisuais (APRO), Brasil Audiovisual Independente (BRAVI) e Sindicato da Indústria Audiovisual do Estado de São Paulo (SIAESP), entre outras instituições.

Além de entidades do setor, advogados especialistas em Direito do Entretenimento também participaram do processo de criação da cartilha. A íntegra do documento está disponível no site do Sindicato Interestadual da Indústria Audiovisual (Sicav).

Veja também