Agentes apreendem 9 kg de droga e 400 itens ilícitos em presídio de Tremembé

Por: Share:
Apreensão foi feita na madrugada deste sexta-feira, em Tremembé. (Foto: Divulgação/SAP)

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que foi realizada uma megaapreensão no Centro de Progressão Penitenciária (CPP) “Dr. Edgard Magalhães Noronha” de Tremembé na madrugada desta sexta-feira, dia 19. Durante o episódio, foram recolhidos na área externa da unidade prisional mais de 100 aparelhos celulares, além de outros 296 itens ilícitos, e nove quilos de maconha. A Polícia Militar foi acionada e conseguiu capturar um dos 4 indivíduos envolvidos.

O fato foi registrado por volta das 2h da madrugada, quando um agente penitenciário em vigília numa das torres avistou a movimentação de 4 indivíduos nas proximidades da unidade. Em atitude suspeita, eles portavam 3 mochilas e tentavam pular o muro do CPP para entrar no espaço. Ao observar a cena, o agente acionou o alarme de segurança, o que fez com que eles se dispersassem e largassem as bolsas próximo ao muro da unidade.

A Polícia Militar chegou rapidamente ao local e conseguiu capturar um dos envolvidos, um rapaz de 17 anos. Na tentativa de invasão, o suspeito se machucou nos ouriços instalados no muro do CPP. Inicialmente, o adolescente foi encaminhado à uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para receber cuidados ambulatoriais e depois seguiu para o 1º Distrito Policial de Taubaté, onde aguardava a chegada da responsável materna.

Droga e outros itens estavam em três sacolas. (Foto: Divulgação/SAP)

Nas 3 bolsas apreendidas foram encontrados: 106 aparelhos celulares, 126 carregadores, 94 baterias, 31 chips, 33 fones de ouvido, vários fios e cabos, 1 GPS, 1 caixa de som, 1 pendrive, 1 alicate, 1 fita métrica, 1 motor elétrico pequeno, além de 2 porções de cocaína e 10 barras de maconha com aproximadamente 5 quilos.

Jogadas no chão da unidade, ainda foram identificadas duas bolas de futebol recheadas com maconha. Ao todo, havia quase 4 quilos da droga no interior das bolas.

A direção do CPP de Tremembé registrou Boletim de Ocorrência, comunicou o fato à Vara de Execuções Criminais e instaurou Procedimento Disciplinar Apuratório.

Veja também