Taubaté participa da II Semana Nacional de Arquivos

Share:
Até o dia 29 de junho, de segunda a domingo, das 8h às 17h, o Arquivo Histórico apresenta a exposição “Taubaté nos Mapas”. (Foto: Divulgação)

A Prefeitura de Taubaté, por meio, do Arquivo Histórico Municipal Félix Guisard Filho, participa da II Semana Nacional de Arquivos e abre o acervo do patrimônio documental da cidade para o público, além das atividades oferecidas pela instituição.

Até o dia 29 de junho, de segunda a domingo, das 8h às 17h, o Arquivo Histórico apresenta a exposição “Taubaté nos Mapas” na Área de Museus, Patrimônio e Arquivo Histórico, que fica à avenida Thomé Portes Del Rey, 925, no Jardim Ana Emília. Consta no acervo um conjunto de mapas, entre originais e reproduções, dos séculos XVIII ao XX e o objetivo da mostra é ofertar ao público a oportunidade de conhecer um pouco da cartografia do período abordado, considerando aspectos históricos, territorial e urbanísticos de Taubaté.

No Mistau (Museu da Imagem e do Som), na próxima quinta-feira, dia 07 de junho, às 19h acontece o lançamento do “Projeto Vozes do Passado”. Trata-se da apresentação de vídeos que realizam uma leitura dramatizada de um testamento e de uma carta, documentos pertencentes ao arquivo. A ideia é dar “voz” a um material que está “silenciado” no arquivo. No dia 09 de junho, das 9h às 13h, na sede do Arquivo Histórico, a professora dra. Maria de Fátima de Melo Toledo irá ministrar a oficina “O uso de documentos de arquivo nas pesquisa Histórica”.

O Arquivo Municipal de Taubaté possui um acervo de, aproximadamente, 34 mil documentos que incluem documentos oficiais da administração pública municipal, mais de 120 títulos de jornais e cerca de 200 títulos de revistas, além de uma biblioteca de apoio à pesquisa com 5.000 volumes, entre trabalhos acadêmicos e periódicos na área de ciências humanas.

O Arquivo também recolhe, por meio de doações, conjuntos documentais produzidos ou acumulados por pessoas ou instituições de caráter privado. Para difundir seu acervo e incentivar a produção de conhecimento didático, científico e cultural, o Arquivo está disponível ao público de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Veja também