fbpx
publicidade
𝑝𝘶𝑏𝘭𝑖𝘤𝑖𝘥𝑎𝘥𝑒

Basquete: Paulistano vence Franca e assume vice-liderança do NBB

Paulistano ampliou série positiva para 11 seguidas e assumiu o 2º lugar (Davi Tiago/CAP)

O Paulistano/Corpore está simplesmente imparável no NBB 2017/2018. Na noite desta segunda-feira, a equipe do técnico Gustavo De Conti venceu um de seus desafios mais duros da temporada, diante do arquirrival Sesi Franca Basquete, no Ginásio Antonio Prado Jr, por 88 a 74, e assumiu de maneira isolada a vice-liderança do maior campeonato do país. De quebra, ampliou sua sequência positiva para 11 triunfos seguidos.

Com o resultado, o Paulistano se isolou no segundo lugar, com campanha de 13 vitórias em 16 partidas (81,3% de aproveitamento), e ainda colou no líder Flamengo, que tem 12 triunfos em 14 jogos (85,7% de aproveitamento). O triunfo do CAP quebrou a larga sequência francana de nove vitórias seguidas e ainda jogou a tradicional equipe para a quarta colocação, com campanha de 12 êxitos e quatro derrotas (75% de aproveitamento).

publicidade


Ao somar mais um resultado positivo na conta, o Paulistano ampliou sua série invicta para 11 partidas e igualou a quinta maior sequência de toda a história do NBB CAIXA, que pertence ao Flamengo na temporada 2013/2014. Esse é o maior número de triunfos consecutivos que o CAP já alcançou no maior campeonato do país.

Elinho Corazza foi “o cara” do Paulistano na partida. Líder em assistências da temporada (7,3 por partida), o armador deu seis servidas, mas se sobressaiu mesmo na pontuação: fez 15 pontos, com 3/4 nas bolas de 3 pontos e 3/3 nos tiros de 2. Além dele, o CAP contou com atuação de tamanho destaque do ala/pivô bahamense David Nesbitt, autor de 17 pontos (3/5 nas bolas de 3), seis rebotes, quatro assistências e três roubos de bola (23 de eficiência).

Apesar da derrota, a nota positiva da equipe francana ficou por conta do garoto Didi, de apenas 18 anos. Com a ausência de Leandrinho na ala, o garoto foi acionado durante a partida e não decepcionou: fez 14 pontos (recorde pessoal no NBB CAIXA), sendo dez deles de maneira consecutiva no segundo quarto (2/2 nas bolas de 3 pontos e 2/3 nos tiros para 2 pontos).

Mogi vence Botafogo e sobe para 3º
O Mogi das Cruzes/Helbor segue colado nos líderes no NBB CAIXA 17/18. Na noite desta segunda-feira (22/01), a equipe paulista recebeu o Botafogo, e com grande atuação no primeiro quarto, construiu vantagem e fez sua sétima vítima dentro do Ginásio Hugo Ramos, com vitória, por 84 a 70.

Com a vitória, o Mogi agora tem 12 resultados positivos e três negativos e subiu para a terceira colocação, agora abaixo de Paulistano/Corpore (novo 2º) e Flamengo (1º). O Botafogo, por sua vez chegou à 13ª derrota na temporada, em 15 partidas, e está na 14ª posição.

Na ausência de Jimmy e Tyrone, Vithinho ganhou ainda mais espaço em quadra e teve sua maior atuação dentro do NBB CAIXA. Em quase 33 minutos de atuação, o jovem armador registrou seu novo recorde pessoal de pontos, com 15, e assistências, com 11, alcançando o primeiro duplo-duplo de sua carreira na competição.

Apesar da derrota, o ala/pivô Douglas liderou o Botafogo de forma absurda e também quebrou marcas pessoais. Foram 26 pontos, com seis bolas de 2 pontos convertidas, e 11 rebotes, registrando 27 de eficiência e atingindo seus maiores números dentro NBB CAIXA nos quatro quesitos.

Bauru faz 2º tempo arrasador e bate Campo Mourão
Foi de forma arrasadora que o Sendi/Bauru Basket construiu o resultado positivo na noite desta segunda-feira (22/01). Depois de um primeiro tempo de equilíbrio, a equipe paulista teve atuação histórica na segunda metade e bateu o Campo Mourão Basquete, por 97 a 59, fora de casa.

Com o triunfo, o Bauru segue na quinta colocação do NBB CAIXA 17/18, com 11 vitórias e cinco derrotas, a um resultado positivo do quarto colocado e rival Sesi/Franca Basquete. O Campo, porém, chegou à 10ª derrota consecutiva e segue na lanterna da competição, com duas vitórias em 16 jogos.

Ditando o ritmo ofensivo bauruense, Alex Garcia teve mais uma grande atuação nesta temporada. Nos quase 29 minutos em esteve em quadra, o Brabo fez 15 pontos, pegou quatro rebotes, distribuiu 11 assistências, chegando ao seu segundo duplo-duplo nesta edição.

O pivô Rafael Hettsheimeir também desequilibrou muito à favor da equipe bauruense. Com 17 pontos no terceiro quarto, o camisa 30 liderou a grande sequência do time, totalizando 23 tentos, além de cinco rebotes no jogo.

Botão Voltar ao topo