Caraguatatuba intensifica campanha “Não Dê Esmola, Dê Futuro”

Por: Share:

A Prefeitura de Caraguatatuba vai intensificar as ações da “Campanha Não Dê Esmola, Dê Futuro”, para acompanhamento da população em situação de rua. Por conta da alta temporada, existe a migração dessas pessoas para as cidades litorâneas.

Diariamente, equipes da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania estarão circulando pelas principais ruas e praças abordando os moradores de rua e procedendo ao encaminhamento à Casa Transitória Luz do Caminho que tomará com as devidas providências. As ações são acompanhadas de policiais da Atividade Delegada.

Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania, somente de julho a novembro deste ano, foram realizadas mais de 2,8 mil abordagens na cidade.

Deste total, 871 pessoas passaram por acolhimento na Casa Transitória e 225 resolveram voltar para as suas cidades natais. Outras 552 pessoas receberam encaminhamento por parte do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social).

“Queremos orientar as associações e os próprios munícipes a ajudarem de maneira correta, que é por meio do contato com a Casa Transitória Luz do Caminho ou com o Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) para que estes cidadãos sejam acolhidos corretamente”, destaca.

A população que deseja ajudar deve encaminhar estes cidadãos ao Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) ou entrar em contato diretamente com a Casa Transitória, através do telefone (12) 3887-6287.

Atendimento passo a passo

O primeiro passo é o acolhimento e este momento se dará com o deslocamento de uma equipe especializada da Casa Transitória até o local indicado para acolher estas pessoas.

A partir daí, elas são encaminhadas à Casa para receber todo o suporte, com a inclusão de quatro refeições diárias (café da manhã, almoço, café da tarde e jantar).

O próximo passo é proporcionar, além da alimentação, apoio físico e psicológico. São também fornecidos produtos de higiene pessoal e banho. Além disso, a equipe técnica responsável busca a reinserção familiar e comunitária dos acolhidos, que são identificados conforme sua origem e encaminhados às suas cidades, quando assim o desejam.

Documentos pessoais destes acolhidos também são renovados ou providenciados conforme cada necessidade.

Serviço:

Casa Transitória Luz do Caminho

Rua: Banco Itaú, 202 – Porto Novo

Telefone: (12) 3887-6287

Centro de Referência Especializado de Assistência Social

Rua: Senador Feijó, 165 – Jardim Aruan

Telefone: (12) 3882-5236