Rio Branco se garante na Série A do Paulista de Ruby em 2018

Por: Share:
Equipe se impôs sobre o ABC e se mantém na elite estadual. (Foto: Daniel Venturole/Portal do Rugby)

Rio Branco e ABC vieram em momentos distintos ao longo da temporada 2017. Os tradicionais Pelicanos fizeram campanhas ruins tanto no Paulista quanto na Taça Tupi, enquanto os Carneiros recém promovidos à Série B, tiveram um grande ano, caindo somente para o Templários em jogos emocionantes na Copa ABC e no Paulista B, o que aumentava a expectativa para o duelo. Conseguiria o ABC o segundo acesso consecutivo?

Apesar do susto inicial, o Rio Branco deixou claro que não, em uma partida em que dominou por boa parte do tempo e contou com boas atuações do elenco em geral, ainda que o esquema tático gire em torno de Daniel “Maranhão” exercendo muito bem a função de força motriz da equipe.

O ABC abriu o placar aos cinco minutos com penal de Cana e vinha dominando os scrums, mas não mostrava criatividade na criação de jogadas, com uma linha burocrática que pouco ameaçou o adversário, enquanto o Rio Branco alternava suas ofensivas e apostava nos lineouts sempre que possível, garantindo a bola com segurança.

No entanto o ABC fazia bom trabalho defensivo e custou a ceder, com Gil finalmente furando o bloqueio adversário em jogada pelo centro na linha de 5m, cravando o primeiro try da partida aos 30 minutos, com Marcelo reduzindo por meio de novo penal cinco minutos depois, e os Carneiros poderiam ter terminado a etapa inicial na frente, mas desperdiçou três penalidades.

O segundo tempo começou com David ampliando por meio de penal logo aos dois minutos e o Rio Branco seguiu levando mais perigo. O ABC tinha boa posse de bola mas se limitava a tentar ganhar terreno com o jogo de chutes, ineficaz e abrindo espaço para o contra-ataque adversário, que ampliou com Victor justamente após um chute muito mal dado no campo de defesa, dando todo espaço para Victor atacar pela ponta esquerda e apoiar sem oposição no centro do ingoal aos 18′.

Os Carneiros acusaram o golpe e abriram espaços, cenário ideal para Maranhão anotar o terceiro try Pelicano dois minutos mais tarde, em jogada de velocidade pelo meio da defesa, dando tranquilidade no placar para a equipe. Visivelmente cansados e com o sonho da virada cada vez mais distante, o ABC insistiu em jogadas de base sempre bem neutralizadas pela defesa adversária, que controlava a partida e selou a vitória com Maranhão mais uma vez em grande arrancada passando rápido pelos defensores rivais para fechar o placar com uma vitória merecida.

O Rio Branco segue na elite paulista, mas vai precisar melhorar muito para voltar a brigar com as grandes forças do estado em 2018. Já ao ABC resta estudar todos os pontos que podem ser melhorados e celebrar a temporada, que foi extremamente positiva, para buscar o título da Série B no próximo ano.

Placar final: Rio Branco (7) 29 X 6 (6) ABC

Rio Branco

Tries: Gil, Victor, Daniel “Maranhão” (2)

Conversões: David (3)

Penal: David

ABC

Penais: Cana, Marcelo

VEJA TAMBÉM