Brasil termina Mundial Paralímpico de Atletismo na nona colocação

Share:
Thiago Paulino comemora medalha de ouro no Lançamento de Disco F57. (Foto: ©Daniel Zappe/MPIX/CPB)

O Brasil terminou em 9º lugar no quadro geral de medalhas do Mundial de Atletismo Paralímpico de Londres. Os atletas brasileiros ganharam 21 medalhas (oito de ouro, sete de prata e seis de bronze) na competição, que terminou hoje (23).

Com 65 medalhas (30 de ouro, 17 de prata e 18 de bronze), a China ficou em 1º lugar, seguida pelos Estados Unidos, com 59 medalhas (20 de ouro, 18 de prata e 17 de bronze), e pela Grã-Bretanha, que conquistou 39 medalhas (18 de ouro, oito de prata e 13 e bronze).

No último dia de competição no Estádio Olímpico de Londres, o país disputava ainda as finais de cinco provas, com fortes chances de aumentar o número de medalhas, nos 100m da classe T35 (paralisação cerebral), 100m T53 (cadeirante), lançamento de disco F46 (atletas com deficiências nos membros superiores), no arremesso de peso da classe F11 (cegos totais) e no revezamento 4x100m T11-13 (que conta com atletas deficientes visuais).

Mas nenhum doa atletas conseguiu ficar entre os três melhores em suas respectivas provas. Na final dos 100m T35, Fábio Bordignon terminou em 4º, com 12s83; Ariosvaldo Silva terminou a final dos 100m T53 em 5º, com 15s10. No lançamento e disco João Santos terminou em 6º (44.57m) e, Emerson Santos, em 7º (44.39m). Já Izabela Campos terminou a final do arremesso de peso F12 na 11ª posição e a equipe brasileira derrubou o bastão durante o revezamento 4x100m T11-13 e não termina a prova.

Iniciada no dia 13 de julho, esta foi a oitava edição do Mundial de Atletismo Paralímpico. No total, 25 atletas representaram o país no evento que reuniu Cerca de 1.200 atletas de 90 países e que disputaram 213 medalhas. Em 2015, em Doha, no Catar, o Brasil ficou com a sétima colocação no quadro geral de medalhas do evento. Foram oito medalhas de ouro, 14 de prata e mais 13 de bronze.

De volta ao Brasil
A Seleção Brasileira de atletismo paralímpico retorna ao país nesta quarta-feira, 26. Todos os atletas e a comissão técnica chegam ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, no voo JJ8071, da Latam, com previsão para as 4h50 (horário de Brasília).

QUADRO DE MEDALHAS

OURO
Mateus Evangelista – 100m, classe T36
Petrúcio Ferreira – 100m, classe T47
Petrúcio Ferreira – 200m, classe T47
Daniel Tavares – 400m, classe T20
Alessandro Silva – Lançamento de disco, classe F11
André Rocha – Lançamento de disco, classe F52
Thiago Paulino – Lançamento de disco, classe F57
Thiago Paulino – Arremesso de peso, classe F57

PRATA
Yohansson Nascimento – 100m, classe T47
Yohansson Nascimento – 200m, classe T47
Mateus Evangelista – 200m, classe T37
Mateus Evangelista – Salto em distância, classe T37
Jonas Licurgo – Lançamento de dardo, classe F55
Rodrigo Parreira – Salto em distância, classe T36
Izabela Campos – Lançamento de dardo, classe F11

BRONZE
Rodrigo Parreira – 100m, classe T36
Rodrigo Parreira – 200m, classe T36
Edson Pinheiro – 100m, classe T38
Fábio Bordignon – 200m, classe T35
Ricardo Costa – Salto em distância, classe T11
Izabela Campos – Lançamento de disco, classe F11