VÍDEO: Gerdau investirá R$ 280 milhões em novo projeto em Pinda

Por: Share:


Assista a reportagem com entrevistas exclusivas

Em um evento realizado na manhã desta terça-feira, dia 28 de março, em Pindamonhangaba, a Gerdau e as companhias japonesas Sumitono Corporation e The Japan Steel Works, fizeram o lançamento do empreendimento conjunto (joint venture) Gerdau Summit, que irá produzir peças para parques eólicos no País, além de atender as demandas das indústrias de açúcar e álcool, óleo e gás e também o segmento de mineração.

Guilherme Johannpeter, vice-presidente Executivo de Aços Especiais e Aços Longos da América do Sul da Gerdau, explicou como nasceu o projeto. (vídeo acima)

Ele também explicou que serão investidos cerca de R$ 280 milhões neste novo empreendimento conjunto com as empresas japonesas. (vídeo acima)

Sobre a geração de novos empregos, o executivo afirmou, que a expectativa é gerar 100 novas vagas diretas, mas que acima de tudo, o objetivo é continuar crescendo. (vídeo acima)

Isael Domingues, prefeito de Pindamonhangaba, durante pronunciamento no evento. (Foto: Luis Claudio Antunes/PortalR3)

Isael Domingues, prefeito de Pindamonhangaba, falou sobre a chegada deste novo projeto da Gerdau na cidade. (vídeo acima)

A Gerdau detém 59% de participação na joint venture e está realizando o aporte, principalmente por meio de ativos já existentes para a produção de cilindros. A Sumitomo detém outros 39% enquanto que a participação da JSW é de 2%.

De acordo com a Associação Brasileira de Energia Eólica, o Brasil possui 430 parques eólicos atualmente e outros 330 deverão ser construídos até 2020, o que mostra um setor em constante crescimento no país.

Da esquerda para a direita: Takeshi Murada, diretor Executivo da Sumitomo Corporation; Guilherme Johannpeter, vice-presidente de Aços da Gerdau; Takashi Shibata, diretor Executivo da The Japan Steels Works e, Isael Domingues, prefeito de Pindamonhangaba. (Foto: Luis Claudio Antunes/PortalR3)