Fundo Social de São José recebe mais de 800 peças dos trabalhadores de empresa

Por: Share:
A coleta de agasalhos ocorrerá até o final de agosto e nesta segunda fase de arrecadação a empresa quer incentivar, em todas as unidades no Brasil, a doação de meias. (Foto: Alessandra Jorge/PMSJC)
A coleta de agasalhos ocorrerá até o final de agosto e nesta segunda fase de arrecadação a empresa quer incentivar, em todas as unidades no Brasil, a doação de meias. (Foto: Alessandra Jorge/PMSJC)

Parceira da Campanha do Agasalho do Fundo Social de Solidariedade da Prefeitura de São José dos Campos, a Tivit realizou nesta terça-feira (16) a entrega de 885 peças doadas pelos trabalhadores da empresa.

Mas, a campanha na empresa continua. A coleta de agasalhos ocorrerá até o final de agosto e nesta segunda fase de arrecadação a empresa quer incentivar, em todas as unidades no Brasil, a doação de meias.

Neste ano, uma parceria da Secretaria da Promoção da Cidadania de São José dos Campos e Fundo Social com a empresa Puket, permite que além de agasalhos limpos e em condições de uso, as pessoas doem meias em qualquer estado para a campanha Meias do Bem.

Na empresa, as meias passarão por um processo de reciclagem, que permitirá que elas sejam transformadas em cobertores, que serão destinados a entidades da cidade.

“Vamos envolver todas as unidades no Brasil para que incentivem os nossos colaboradores a doarem meias. Somos parceiros do Fundo Social e participamos sempre das ações, o objetivo é fazer com que os funcionários tenham a solidariedade como um valor para suas vidas”, disse a gerente de Recursos Humanos da Tivit, Márcia Eli Nicolodi.

Presente na entrega, o presidente do Fundo Social de Solidariedade destacou a importância dessa tomada de consciência. “Esse ato gera consciência de que todos nós somos parte de um bem comum e que estamos determinados a fazer parte da vida da cidade.”

Campanha

Com o tema “Solidariedade Aquece” segue até agosto a Campanha do Agasalho 2015 do Fundo Social de Solidariedade de São José dos Campos. A expectativa é superar a arrecadação de 2014, quando foram coletadas cerca de 500 mil peças.

Todos os donativos devem estar limpos, em condições de uso e em bom estado de conservação. As doações serão repassadas para as entidades assistenciais cadastradas no Fundo Social de Solidariedade, na Secretaria de Desenvolvimento Social e para a população necessitada do município.

Mais informações no Fundo Social de Solidariedade, que fica na Avenida Olivo Gomes, 100. Parque da Cidade “Roberto Burle Marx” ou pelos telefones (12) 3911-8060/ 3924-7369.