Carnaval

Festival de Marchinhas de Pinda tem nova regra para escolha de finalistas




Festival acontecerá no Largo do Quartel. (Foto: Luis Claudio Antunes~/PortalR3)

Começa nesta sexta-feira (17), a 10ª edição do Festival de Marchinhas de Pindamonhangaba e, para este ano, há uma novidade na escolha dos finalistas.

📷 Galeria de fotos do 1º dia de ensaio no Largo do Quartel
📷 Galeria de fotos do 2º dia de ensaio no Largo do Quartel

Em anos anteriores, após as 10 apresentações da sexta-feira, primeiro dia do Festival, eram escolhidas as primeiras cinco composições finalistas. As outras cinco finalistas eram conhecidas no sábado.

Crianças se divertindo durante o ensaio das marchinhas. (Foto: Luis Claudio Antunes/PortalR3)

Neste ano, os finalistas serão conhecidos somente no sábado (18), após apresentação das 20 marchinhas selecionadas deste ano (10 na sexta e 10 no sábado). As 10 composições com melhor nota dos jurados, envolvendo os dois dias de apresentações, irão disputar a final, que acontecerá no domingo (19). A mudança está no regulamento do Festival, mas acabou passando desapercebido por muitos concorrentes.

Falando em jurados, três pessoas irão compor o corpo de jurados neste ano. Eles foram indicados pela Comissão Organizadora e são ligadas à área musical, carnavalesca ou literária, de acordo com informações do regulamento.

Quarta e quinta-feira foram dias de ensaio para os concorrentes. (Foto: Luis Claudio Antunes/PortalR3)

Uma das juradas será Marília Maia, de Pindamonhangaba. É professora e já trabalhou no Departamento de Cultura de Pindamonhangaba. Atualmente realiza um belo trabalho musical à frente da Banda Daruê. Celso Pan e João Fernandes, ambos de São José dos Campos, completam o time de jurados para 2017.

Os candidatos serão julgados nos quesitos: melodia, letra, apresentação e comunicação. A ordem servirá de critério de desempate.

 

Galera do bloco “El Sombrero”, marcando presença no ensaio. (Foto: Luis Claudio Antunes/PortalR3)

Premiação
Os vencedores levarão troféus e premiação em dinheiro. Para o 1º lugar, troféu “Alarico Corrêa Leite” e premiação de R$ 2.845,12 (UFMP 32,32); 2º lugar – troféu José de Assis Alvarenga – “Zé Sambinha” e R$ 1435,76 (UFMP 16,31); 3º lugar – troféu “Celso Guimarães” e R$718,32 (UFMP 8,16); 4º lugar – troféu “Maestro Arthur dos Santos”; e ainda troféus para Melhor Intérprete “Troféu Hélio Camargo”, para Melhor Torcida 2017 “Troféu Franco Neto”, e para Melhor Figurino “Troféu Cida Novaes”.