Palmeiras vence o Santos e sai na frente na decisão do Paulistão

Por: Share:
Santos e Palmeiras se enfrentaram pelo primeiro jogo da final do Paulista (Foto: Rodrigo Corsi/FPF)
Santos e Palmeiras se enfrentaram pelo primeiro jogo da final do Paulista (Foto: Rodrigo Corsi/FPF)

No Allianz Parque, Palmeiras e Santos começaram a decisão do Paulistão 2015 – Série A1. Empurrado pela torcida, o time da casa venceu por 1 a 0, mas poderia ter feito mais já que desperdiçou um pênalti e não conseguiu aproveitar a vantagem de jogar boa parte do segundo tempo com um homem a mais. Para o Santos, o resultado força com que o time vença na Vila Belmiro caso queira ser o campeão.

publicidade

Sem contar com Valdívia e Robinho, lesionados, os dois times tiveram dificuldades na criação das jogadas no início da partida. Apesar de tentar tomar o controle do jogo, o Palmeiras esbarrava na forte marcação do time santista, que por sua vez buscava os contra-ataques com Lucas Lima e Geuvânio.

Um dos principais personagens da final, Arouca sentiu uma lesão muscular e se manteve em campo até os 15 minutos, quando não aguentou mais e teve que ser substituído por Cleiton Xavier. E foi o substituto quem tomou o primeiro cartão amarelo da partida, aos 19 minutos.

Após os 20 minutos as chances começaram a aparecer. Primeiro do lado santista, que conseguiu boa jogada com Chiquinho pela esquerda. Após o cruzamento, a bola sobrou para Geuvânio, que teve o chute bloqueado. Aos 24, o Palmeiras ameaçou com Leandro Pereira, que recebeu lançamento e bateu forte, mas para fora. Cinco minutos depois, o Palmeiras fez boa jogada pela direita. Cleiton Xavier tocou, Robinho deixou passar e Lucas chegou rápido para cruzar e achar Leandro Pereira. O camisa 17 antecipou a zaga e abriu o placar para os donos da casa.

O Santos tentou responder aos 32. Em chute de longa distância, Ricardo Oliveira obrigou Fernando Prass a trabalhar e jogar para escanteio. Na cobrança, o camisa 1 saiu soberano na área e ficou com a bola. Após pressão do Santos no início dos minutos 40, o Palmeiras voltou a ameaçar aos 45. Dudu tocou de calcanhar e a bola ficou para Rafael Marques. Ele foi travado dentro da área e a bola sobrou para Leandro Pereira, que chutou em cima de Vladimir.

Sem substituições no intervalo, o jogo ficou morno no segundo tempo até os 10 minutos, quando, após lançamento, Leandro Pereira ganhava de Paulo Ricardo na corrida e o zagueiro santista impediu a ação do atacante. Pênalti e expulsão para o jovem zagueiro santista, que estreou na competição neste jogo. Na cobrança, Dudu bateu forte, no alto, mas a bola subiu demais, bateu no travessão e saiu.

Com um a menos, o Santos quase empatou aos 21. Lucas Lima lançou para Ricardo Oliveira no meio da zaga. O atacante demorou para finalizar e deu tempo para o zagueiro Vitor Hugo se recuperar e travar o chute do artilheiro do Paulistão Itaipava 2015 – Série A1.

O Santos buscava o empate mesmo com 10 em campo e o Palmeiras tentou ampliar a vantagem, porém, os dois times não fizeram com que os goleiros adversários conseguissem trabalhar efetivamente e o placar ficou mesmo no 1 a 0 para o Palmeiras, que agora joga pelo empate na Vila Belmiro para ser o campeão.

Ficha Técnica

Palmeiras 1×0 Santos

Palmeiras: Fernando Prass; Gabriel, Vitor Hugo, Victor Ramos e Zé Roberto; Arouca, Gabriel e Robinho (Kelvin); Dudu, Leandro Pereira (Gabriel Jesus) e Rafael Marques.
Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Santos: Vladimir; Cicinho, David Braz, Paulo Ricardo e Victor Ferraz (Jubal); Lucas Otávio, Renato, Lucas Lima e Chiquinho; Geuvânio (Gabriel) e Ricardo Oliveira.
Técnico: Marcelo Fernandes.

Local: Allianz Parque, em São Paulo;
Data: domingo (26), às 16h;
Público: 39.479 pagantes;
Renda: R$ 4.181.281,25;
Árbitro: Vinicius Furlan;
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Junior e Anderson Jose de Moraes Coelho;
Quarto árbitro: Guilherme Ceretta de Lima;
Cartões amarelos: Cleiton Xavier, Vitor Hugo, Gabriel e Victor Ramos (PAL); Lucas Lima (SAN)
Cartão vermelho: Paulo Ricardo (SAN);
Gols: Leandro Pereira (PAL), aos 19’ do 1ºT;

* Com informações da Federação Paulista de Futebol