Pinda registra oito casos de dengue em março

Por: Share:

Que a dengue está presente em todo o país e pode causar a morte a população do planeta já sabe, no entanto, ainda há falta de cuidado por parte de muitos cidadãos. A eliminação de criadouros do Aedes aegypti é a única forma de evitar a proliferação da doença, qualquer objeto com água parada deve ser eliminado.

Do dia 05 de janeiro até o dia 15 de março, Pindamonhangaba registrou 232 notificações de dengue, sendo que foram confirmados 51 casos autóctones, três importados e 178 foram negativos. Neste mês foram confirmados oito casos autóctones.

A equipe da Secretaria de Saúde de Pindamonhangaba conta com a colaboração dos moradores para eliminar os criadouros. Ainda tem sido encontradas larvas do mosquito em pratos de vasos de plantas, objetos deixados no fundo do quintal e nos ralos externos. A orientação é colocar areia nos pratos de vasos, vistoriar os quintais e jogar água sanitária nos ralos.

Até o ano passado o Aedes aegypti transmitia apenas a dengue, sendo que há quatro tipos de vírus, neste ano, existe a preocupação com a chikungunya, doença ainda mais grave que a dengue. Um indivíduo infectado com dengue também pode ser infectado com a chikungunya e se isto acontecer ele pode vir a falecer.

VEJA O QUE A SECRETARIA DE SAÚDE FALA SOBRE A DENGUE EM PINDA