Museu de Arte Sacra é reaberto em São José dos Campos

Por: Share:
Museu de Arte Sacra de São José dos Campos possui um acervo composto por imagens, paramentos, objetos litúrgicos, oratórios, livros religiosos, bandeiras de procissão, entre várias outras peças datadas do século XVIII ao XX e confeccionadas por artistas do Vale do Paraíba e região. (Foto: Paulo Amaral/FCCR)
Museu de Arte Sacra de São José dos Campos possui um acervo composto por imagens, paramentos, objetos litúrgicos, oratórios, livros religiosos, bandeiras de procissão, entre várias outras peças datadas do século XVIII ao XX e confeccionadas por artistas do Vale do Paraíba e região. (Foto: Paulo Amaral/FCCR)

O Museu de Arte Sacra (Travessa Chico Luiz 67 – Centro) está aberto de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h e nos sábados, das 8h às 12h. Ele foi reinaugurado na noite de quinta-feira (12) ao som de peças de Robert Schumann e Franz Joseph Haydn, executados pelo Quarteto de Cordas da Orquestra Sinfônica.

publicidade

Durante a apresentação também foi aberta a primeira exposição temporária após a revitalização: “Arte Santeira”, de Magela Borbagatto, que divulga o ofício e a tradição dos artesãos que se dedicam a este segmento artístico por meio 25 peças, entre imagens, presépios e oratórios.

O prédio, que passou recentemente por reformas de revitalização por toda sua arquitetura, manteve o projeto museológico original. As obras na capela começaram em outubro de 2014 e teve a consultoria da Gerência de Patrimônio Histórico da Fundação Cultural Cassiano Ricardo. Foram feitas a reconstituição de alvenarias, o tratamento de acabamentos, a recuperação da pintura geral, e o paisagismo do jardim.

Instalado na Capela Nossa Senhora Aparecida e inaugurado em 2007, o Museu de Arte Sacra de São José dos Campos possui um acervo composto por imagens, paramentos, objetos litúrgicos, oratórios, livros religiosos, bandeiras de procissão, entre várias outras peças datadas do século XVIII ao XX e confeccionadas por artistas do Vale do Paraíba e região.

Música clássica
As amigas Gabriella Soares e Beatriz Dias, de 14 anos, do Altos de Santana, aproveitaram a oportunidade para conhecer o espaço. Elas viram de perto, pela primeira vez, alguns instrumentos que compõem uma orquestra. “Primeira vez que eu ouço música clássica ao vivo. É totalmente diferente das músicas atuais”, comentou a estudante Gabriella.

A administradora Cleide Santaella, do bairro Esplanada do Sol, sempre acompanha a Orquestra Sinfônica de São José dos Campos. Ela aproveitou a apresentação do quarteto para conhecer a capela. “Moro na cidade há 28 anos e não conhecia esse lugar cheio de história e tradição”, disse.

A Capela Nossa Senhora Aparecida, local que foi usado como oratório particular na fazenda do Coronel João Cursino por volta de 1908 e foi adquirida pela Prefeitura de São José dos Campos nos anos 80. Atualmente é preservada pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Artístico, Paisagístico e Cultural (Comphac).