Em São José, Vigilância Sanitária dá dicas para a compra de peixes

Author: Share:
Repare na pele – O peixe bom tem a sua pele brilhante, ao contrário do ruim, que tem sua superfície opaca e sem vida. (Foto: Antônio Basílio/PMSJC)
Repare na pele – O peixe bom tem a sua pele brilhante, ao contrário do ruim, que tem sua superfície opaca e sem vida. (Foto: Antônio Basílio/PMSJC)

A Vigilância Sanitária de São José dos Campos preparou algumas dicas para os consumidores na hora de comprar e consumir peixes, costumes muito comuns na Quaresma. Nessa época, iniciada logo após o Carnaval, a venda do alimento aumenta consideravelmente. Os cuidados na compra de pescados devem ser dobrados com o aumento da demanda.

Nos supermercados, os peixes devem ser armazenados em balcão frigorífico. Nas feiras livres, é essencial que estejam refrigerados com gelo suficiente para evitar a perda da qualidade. E durante a compra, deve ser colocado no carrinho somente no final, para evitar exposição ao calor e não estragar.

Caso o peixe seja embalado, o consumidor precisa estar atento ao peso, à temperatura e forma de conservação e às condições da embalagem, que não pode estar rasgada ou amassada. O produto precisa apresentar bem visíveis, além da marca e do produto, o registo no Serviço de Inspeção (SISP, informações nutricionais e prazo de validade.

Se o cliente optar pelo bacalhau, que é um preferidos nesta época, o consumidor deve observar os seguintes sinais, que são inadequados: fendas profundas, aspecto pegajoso ou cozido, coágulos e manchas de sangue. Evite comprar se estiver vermelho ou com pó fino cinzento, branco ou amarelo. Isso revela problemas de processamento e conservação.

“Para o consumidor, é fundamental seguir essas dicas para não comprar produtos de qualidade duvidosa. Caso o consumidor encontre irregularidade, poderá fazer uma denúncia através do número 156, para que o estabelecimento seja averiguado”, afirma a responsável da Vigilância Sanitária.

O que observar no peixe antes de comprar

Repare na pele – O peixe bom tem a sua pele brilhante, ao contrário do ruim, que tem sua superfície opaca e sem vida.

Foco nas escamas – Elas devem estar bem firmes no corpo do peixe. Se você puxar uma delas e soltar com facilidade, é um indício de que você deve buscar por outro animal.

Olhos brilhando – Assim como a pele, os olhos devem estar brilhando com cores vivas. Caso estejam cinza ou esbranquiçados, é mau sinal.

Brânquias vermelhas –Também conhecidas como guelras, essa parte localizada no fim da cabeça deve estar o mais avermelhada possível. Descarte os que estiverem com elas rosadas ou acinzentadas.

Aperte a barriga – Musculatura firme é uma característica de peixe fresco. Apertando a barriga, seu dedo pode até fazer uma marca, mas ela deve sumir em pouco tempo. Caso a pele não volte ao normal, procure outro peixe.

Sinta o cheiro – Peixes têm cheiro forte, mas não igual par atodos. Os bons cheiram à maresia.

Veja também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *