Dengue se alastra em SP e São José dos Campos decreta epidemia

Por: Share:

Os levantamentos apontam que as pessoas infectadas chegam a 762, das quais 615 contraídos no próprio município (autóctones) e 147 importados (contraídos em outros municípios). (Foto: Antônio Basílio/PMSJC)
Os levantamentos apontam que as pessoas infectadas chegam a 762, das quais 615 contraídos no próprio município (autóctones) e 147 importados (contraídos em outros municípios). (Foto: Antônio Basílio/PMSJC)
Os casos de dengue aumentam no estado de São Paulo, chamando a atenção dos gestores públicos. Hoje (18) a prefeitura de São José dos Campos, no Vale do Paraíba, decretou epidemia de dengue na cidade. De acordo com dados da Secretaria de Saúde, neste ano, foram registrados 762 casos de dengue, dos quais 615 contraídos no próprio município e 147 importados. A última epidemia da doença no município foi em 2011.

Ontem (17), a prefeitura de Birigui confirmou que, no último dia 7, ocorreu a primeira morte do ano no município, provocada por dengue. A vítima, de 85 anos, apresentava outras doenças crônicas, como pneumonia, o que a colocava em grupo de risco. Segundo a Vigilância Epidemiológica do município, o paciente foi hospitalizado no dia 2 de março, com quadro grave de pneumonia e febre e, depois de cinco dias internado, morreu.

publicidade

Em Campinas, a Secretaria de Saúde informou que, até o dia 16, foram confirmados 1.697 casos de dengue, com a morte de um homem de 78 anos. Do total, 823 pessoas contraíram a doença em janeiro, 839 em fevereiro e 35 em março. O Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa) tem 5.050 casos em observação e 2.475 casos com suspeita de dengue foram descartados após exames de sorologia.

Na semana passada, foram registradas cinco mortes causadas por dengue no interior paulista. Em Mogi Mirim, onde foram confirmados até o momento 1.995 casos, contra 151 no mesmo período do ano passado, morreram duas mulheres, de 68 e de 28 anos; e em Bauru, com 827 casos de dengue no ano, morreram uma mulher de 73 anos e dois homens, de 80 e de 74 anos.

Em Sorocaba há 12 casos de óbitos notificados, sendo cinco confirmados para dengue e sete aguardando resultado de exames. Em Limeira, de acordo com dados do último dia 9, há sete notificações de óbito aguardando confirmação. Na cidade de Marília, foram confirmadas seis mortes. Em São Paulo, um menino de 11 anos, morador do Jardim Miriam, zona sul da cidade, também morreu por dengue.

Segundo dados divulgados na semana passada, pela Secretaria Municipal de São Paulo, foram confirmados 2.438 casos de dengue na capital paulista, de 4 de janeiro a 28 de fevereiro. São 1.883 casos autóctones – contraídos no próprio município – e 555 importados. A quantidade é quase três vezes mais do que no mesmo período do ano passado.

VEJA TAMBÉM