Centro de Memória Ferroviária da EFCJ é atração em Pindamonhangaba

Por: Share:
Centro de Memória tem recebido diversos visitantes. (Foto: Divulgação/EFCJ)
Centro de Memória tem recebido diversos visitantes. (Foto: Divulgação/EFCJ)

O Centro de Memória Ferroviária da EFCJ, localizado na sede da ferrovia, em Pindamonhangaba, tem atraído turistas de diferentes partes do mundo. O espaço irá completar quatro meses de operação oficial em 22 de março e já contou com a presença de visitantes de fora do Brasil e de outros estados do país, como Minas Gerais e Goiás.

Em 22 de novembro de 2014, no evento oficial em comemoração ao primeiro centenário de operação da Estrada de Ferro Campos do Jordão [EFCJ], órgão ligado à Secretaria dos Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo, foi inaugurado o Centro de Memória Ferroviária da EFCJ. O espaço funciona como um memorial da ferrovia e retrata diversas etapas da história dos cem anos da Estradinha.

publicidade

O Centro de Memória tem uma série de itens históricos em seu acervo, como cadernetas de anotações topográficas (1912), mobiliário de escritório (1920), máquinas de escrever e calcular (1920), cadernetas de registro de funcionários (1938), mesa de operação telefônica (1950), além de bombas de abastecimento, placas de identificação da frota, antigas ferramentas de manutenção, entre outros. A disponibilização desses materiais faz parte de um conjunto de ações da EFCJ que visam zelar pelo patrimônio histórico da ferrovia, bem como reconhecer o esforço de todos que participaram desses cem anos.

Mesmo com pouco tempo de funcionamento, o Centro de Memória já recebeu visitantes de fora do Brasil, como Estados Unidos e Itália, e de diferentes partes do país, como Goiânia (GO), Belo Horizonte (MG), Mariana (MG), Governador Valadares (MG), Ribeirão Preto (SP), Marília (SP), Votorantin (SP), entre outros. A ideia é que o novo serviço se firme como mais uma opção turística da ferrovia na cidade.

“Temos olhado com bastante atenção para cidade e sabemos que o Centro de Memória da EFCJ, junto ao Parque Reino das Águas Claras e ao Trem Turístico Piracuama, chega para fortalecer o turismo da EFCJ e de Pinda, ajudando a divulgar o nome da cidade em outras partes do Brasil e do mundo”, explica Ayrton Camargo e Silva, diretor ferroviário da EFCJ.

O Centro de Memória Ferroviária da EFCJ funciona de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h30, na Rua Martin Cabral, nº 87, e tem entrada gratuita para todas as idades. Para mais informações, entrar em contato com o departamento de turismo no telefone: (12) 3644-7408.