Campanha de vacinação contra o HPV começa em São José

Por: Share:
No ano passado, a primeira dose da vacinação contra o HPV superou a meta de 80%. Foram vacinadas 98,91% do público alvo. (Foto: Charles de Moura/PMSJC)
No ano passado, a primeira dose da vacinação contra o HPV superou a meta de 80%. Foram vacinadas 98,91% do público alvo. (Foto: Charles de Moura/PMSJC)

A Prefeitura de São José dos Campos inicia na terça-feira (10) a campanha de vacinação contra o HPV. A ação tem como objetivo a imunização e prevenção contra o câncer de colo de útero. A vacinação será realizada nas 41 UBSs espalhadas pela cidade ou nas Unidades de Saúde da Família, durante o horário de funcionamento.

Como a vacinação será na UBS de abrangência da residência das meninas, a expectativa é que isso facilite a atualização da carteira de vacinação. Estima-se que pelo menos 20% das crianças do público-alvo esteja com alguma vacina em atraso (hepatite B, Tríplice viral-sarampo, caxumba e rubéola etc.).

publicidade

O público-alvo da vacinação é formado por adolescentes do sexo feminino, de 9 a 11 anos, mas também poderão ser vacinadas as jovens de até 13 anos, 11 meses e 29 dias, que ainda não tenham recebido a primeira dose. Na cidade, há 14.594 meninas nessa faixa etária e a meta é vacinar 80% desse público.

Para a proteção contra o HPV, o Ministério da Saúde adota o esquema estendido, composto de três doses, com a segunda dose seis meses após a primeira, e a terceira e última após cinco anos, completando a imunização.

Também haverá parceria com as escolas, com distribuição de material educativo sobre o tema, além de ações e orientações para as meninas e os pais mostrando a importância da vacinação e sua eficácia no controle do câncer de colo de útero.

Entenda o HPV
O papilomavírus humano (HPV) é a causa mais comum de doença sexualmente transmissível (DST). Esse vírus é muito contagioso, sendo possível adquiri-lo com uma única exposição. Ele é chamado de vírus de papiloma, porque alguns tipos de HPV causam verrugas ou papilomas, que são tumores não cancerosos.

Mais de 150 tipos de HPV foram identificados, sendo que 40 infectam a área genital. O vírus é responsável por 99% dos canceres de colo de útero, e destes, 70% são devidos aos tipos 16 e 18. Mesmo assim, a maioria das infecções pelo HPV é transitória, sendo que 90% regridem em até 2 anos. Dez por cento das pessoas infectadas vão apresentar alguma manifestação clínica.

A vacina é quadrivalente, ou seja, contempla quatro tipos de HPV (6, 11, 16 e 18). Por isso é importante realizar o exame de Papanicolau, porque nem todos os tipos de HPV que podem causar câncer de colo de útero estão incluídos na vacina.

Vacinação

No ano passado, a primeira dose da vacinação superou a meta de 80%. Foram vacinadas 98,91% do público alvo, que era composto de meninas entre 11 a 13 anos, 11 meses e 29 dias. A aplicação da segunda dose teve adesão menor: foram aplicadas 9.205 doses de vacina, o que representa cerca de 62,45% do público alvo.

VEJA TAMBÉM