Brasil e França revivem nesta tarde grandes confrontos na história

Por: Share:

PortalR3Brasil e França fazem desde 1930 um confronto com a marca dos grandes jogos. Um clássico do mundo, capaz de produzir heróis e vilões através dos anos. Uma história que começou no dia 1 de agosto de 1930, em amistoso no Rio de Janeiro, vencido pela Seleção Brasileira por 3 a 2.

O primeiro herói surgiu logo na segunda partida. No dia 24 de junho de 1958, nas semifinais da Copa da Suécia, o mundo viu despontar de vez um craque que seria no curso dos anos o Rei do Futebol e o Atlético do Século.

Pelé, que já havia marcado um gol salvador no jogo sobre o País de Gales – vitória de 1 a 0 – dessa vez exagerou: balançou a rede três vezes e teve atuação espetacular.

Didi, o Senhor Futebol, com um chute de efeito – a folha seca, sua marca registrada – e Vavá, o Leão da Copa, completaram a goleada. Nesta Copa, o primeiro título do Brasil, foi da França o artilheiro. Just Fontaine, com oito gols. Outro francês, Raymond Kopa, foi um dos melhores jogadores daquele Mundial e viria a jogar com Didi no Real Madrid.

O jogo do dia 21 de junho de 1986 teve doses fortes de emoção. O Brasil começou jogando muito bem, fez 1 a 0 com Careca, mas cedeu o empate em gol marcado por Platini.

Zico, que estava na reserva, entrou em campo e no primeiro lance fez um lançamento perfeito para Branco ser derrubado pelo goleiro e sofrer o pênalti indiscutível.

Entraria em cena então o momento dramático para os brasileiros. O mesmo Zico, que distava sua terceira e última Copa, perdeu a cobrança e o jogo, válido pelas quartas de final da Copa do Mundo de 1986, foi decidido na cobrança de pênaltis.

Platini, o craque francês chutou para o alto a sua cobrança. Sócrates e Júlio César erraram os seus chutes e o Brasil voltou para casa mais cedo.

Doze anos depois, outra decepção para o Brasil. Dessa vez, mais frustrante ainda. A França fez 3 a 0 e ganhou o título mundial em 1998 no mesmo Stade de France que hoje será o palco da 16ª versão do clássico. Naquele dia, Dunga e Deschamps estavam frente a frente, como capitães das duas seleções.

A última edição dessa história foi no dia 9 de junho de 2013. A vitória ficou do Brasil, com um placar expressivo de 3 a 0, gols de Oscar, Hernanes e Lucas.

Hoje, dia 29 de março de 2015, haverá mais uma decisão no Stade de France. Vencedor o Brasil, a vantagem no confronto aumenta para duas vitórias. A França tem a chance de empatar o confronto.

Essa diferença começará a ser resolvida às 21 horas (17 horas de Brasília). Jogão.

Confira os confrontos entre Brasil e França:

01/08/1930 Brasil 3 x 2 França – amistoso – Laranjeiras

24/06/1958 Brasil 5 x 2 – Copa do Mundo – Råsunda

28/04/1963 Brasil 3 x 2 França – amistoso – Colombes

30/06/1977 Brasil 2 x 2 França – amistoso – Maracanã

01/04/1978 Brasil 0 x 1 França – amistoso –  Parc des Princes

15/05/1981 Brasil 3 x 1 França – amistoso – Parc des Princes

21/06/1986 Brasil 1 x 1 França – Copa do Mundo – Jalisco

26/08/1992 Brasil 2 x 0 França – amistoso – Parc des Princes

03/06/1997 Brasil 1 x 1 França – Torneio da França – Gerland

12/07/1988 Brasil 0 x 3 França – Copa do Mundo – Stade de France

07/06/2001 Brasil 1 x 2 França – Copa das Confederações – Suwon Main Stadium

20/05/2004 Brasil 0 x 0 França – amistoso – Stade de France

01/07/2006 Brasil 0 x 1 França – Copa do Mundo – World Cup Stadium em Frankfurt

09/02/2011 Brasil 0 x 1 França – amistoso – Stade de France

09/06/2013 Brasil 3 x 0 França – amistoso – Arena do Grêmio

VEJA TAMBÉM