Agentes de São José usam bicicletas e motos para ampliar segurança

Por: Share:
A frota de motocicletas também foi reforçada, passando de 20 para 32 motos. (Foto: Antonio Basilio/PMSJC)
A frota de motocicletas também foi reforçada, passando de 20 para 32 motos. (Foto: Antonio Basilio/PMSJC)

Os agentes de trânsito de São José dos Campos passarão a utilizar bicicletas durante o trabalho de fiscalizações em toda a cidade, além de motos e carros. A Prefeitura também investiu no aumento da frota de motocicletas, como forma de garantir agilidade nas operações destinada a garantir a segurança e fluidez do trânsito.

“A bicicleta é um meio de transporte eficiente e vai contribuir muito no trabalho dos agentes de trânsito. Desta forma mostramos não só a eficácia da bicicleta, mas incentivamos o uso desse modal na cidade”, explica o secretário de transportes.

Sustentáveis, as bikes darão mais mobilidade ao agente para fiscalizar a rota cicloviária e se locomover em vias com lentidão no fluxo, chegando mais rápido ao local que necessita de apoio. Elas estão sendo usadas também para ações educativas que visam conscientizar sobre o uso correto dos espaços compartilhados entre ciclistas e pedestres.

A frota de motocicletas também foi reforçada, passando de 20 para 32 motos. As novas motocicletas já estão nas ruas e são destinadas, principalmente, para a fiscalização de estacionamentos rotativos, regiões de grande movimentação e áreas escolares, inibindo a formação de filas duplas e o desrespeito à travessia segura de pedestres. Ao todo, a cidade tem 60 viaturas de trânsito, entre carros e motos, além de seis bicicletas.

O investimento em motocicletas é importante, já que o veículo garante que o agente transite entre os carros em vias congestionadas, ajudando a direcionar o fluxo.

VEJA TAMBÉM