Sistema de segurança em São José será referência em material publicitário




Os modelos mais modernos de câmeras de segurança do COI foram fornecidos pela companhia, um total de 227. (Foto: Charles de Moura/PMSJC)

Os modelos mais modernos de câmeras de segurança do COI foram fornecidos pela companhia, um total de 227. (Foto: Charles de Moura/PMSJC)

O trabalho de segurança realizado pelo Centro de Operações Integradas (COI) de São José dos Campos será referência para o material institucional da empresa Panasonic do Brasil, responsável pelo fornecimento das câmeras de monitoramento do município. Representantes da empresa estiveram no COI nesta terça-feira (24) e elogiaram o modelo de integração associado ao elevado nível tecnológico do sistema.

O grupo conheceu as salas de monitoramento e acompanhou, em tempo real, a ação integrada dos órgãos de segurança que atuam no Centro, como Guarda Civil Municipal, Polícia Militar, Defesa Civil, Samu 192, Departamento de Trânsito, entre outros. Hoje, o COI possui 491 câmeras de monitoramento instaladas em todas as regiões da cidade, funcionando 24 horas.

“A minha impressão é muito positiva, de uma modernidade muito grande e uso de tecnologias compatíveis com o primeiro mundo, que se vê fora do Brasil, mas que São José está usando”, disse o diretor comercial da Panasonic, Adilson Molero. “Eu fiquei surpreso positivamente; é um projeto incrível que traz uma grande contribuição para qualidade de vida do cidadão joseense”, completou.

publicidade

Os modelos mais modernos de câmeras do COI foram fornecidos pela companhia, num total de 227. Os equipamentos não acumulam resíduos sólidos ou líquidos nas suas lentes, não sofrem perda na qualidade de imagem por embaçamento, dispõem do mais elevado nível óptico de aproximação, gravam em full HD e oferecem funções programáveis e compensadores de fumaça e neblina.

Também foram apresentados os índices de homicídios no município, desde a criação do COI, até os dias atuais. Os dados são da Secretaria de Segurança Pública do Estado e apontam que o investimento do município em segurança ajudou a reduzir esse tipo de crime. Em 2001, a média de homicídios na cidade, para cada 100 mil habitantes, era de 42,15 casos. Em 2014, foi de 8,29.

“São José dos Campos tem apresentado redução expressiva nos índices de criminalidade, em especial os crimes contra a vida, isso se deve ao uso de tecnologia de videomonitoramento e o trabalho de forma integrada da Prefeitura com as Polícias Civil e Militar”, afirmou o coordenador do COI, inspetor regional da Guarda Civil Municipal.

O processo de gerenciamento de integração de instituições e seus profissionais a favor da segurança pública atraiu a vinda dos executivos da empresa à cidade. O resultado da visita será destaque no catálogo de produtos e serviços que a companhia está produzindo, que será editado em português e inglês.

Investimento

Em 2013, a Prefeitura de São José dos Campos iniciou um processo de modernização no sistema de segurança da cidade e investiu no que há de mais moderno no segmento de videomonitoramento.

Das 491 câmeras do COI instaladas, 240 delas tiveram o sinal convertido de analógico para digital, avançando em qualidade. Em 2014, a Prefeitura fez a reposição de 25 câmeras por modelos mais modernos e de outras 46 que são iguais às usadas na segurança papa no Vaticano.