Padre João Batista de Almeida é o novo reitor do Santuário de Aparecida

Por: Share:
Padre João Batista de Almeida. (Foto: Matheus Andrade)
Padre João Batista de Almeida. (Foto: Matheus Andrade)

O Missionário Redentorista padre João Batista de Almeida, tomará posse como novo reitor do Santuário Nacional de Aparecida, em substituição ao atual reitor, padre Domingos Sávio. Dom Raymundo Damasceno Assis, Cardeal Arcebispo de Aparecida, nomeou padre João Batista para reitor no Santuário Nacional e lhe dará posse na Missa que presidirá às 9h da desta segunda-feira (2).

publicidade

Padre João Batista tem 55 anos e é natural de Tabuleiro (MG). Iniciou sua caminhada religiosa aos 12 anos, quando ingressou na Congregação do Santíssimo Redentor, cursando a quinta série no Seminário Santa Terezinha em Tietê (SP). Passados sete anos iniciou os estudos de Filosofia na Pontifícia Universidade Católica de Campinas.

Em 30 de janeiro de 1983 professou os primeiros votos como Missionário Redentorista. Durante aquele ano começou os estudos de Teologia no Instituto Teológico São Paulo (ITESP) e em maio de 1984 foi transferido para a Comunidade Rainha dos Mártires, na antiga favela do INPS em Mauá (SP) onde permaneceu até dezembro de 1986.

Encerrado os estudos de Teologia, em janeiro de 1987 foi enviado para a Comunidade Redentorista de Araraquara, onde foi ordenado diácono em março

daquele ano e em agosto recebeu a ordenação sacerdotal na capela do Seminário Santo Afonso em Aparecida.

Entre 1988 e 1999 padre João batista atuou nas atividades pastorais do Santuário Nacional, sendo os quatro primeiros anos dedicados exclusivamente aos trabalhos de assistência aos romeiros de Nossa Senhora.

Em 1993, padre João Batista concluiu o curso de Jornalismo na Universidade de Taubaté (SP), que havia iniciado em 1990. Em agosto de 1991 passou a fazer parte da equipe de redentoristas que dirigia e administra a Rádio Aparecida. Lá exerceu as funções de produtor, apresentador e diretor administrativo até dezembro de 1999. De janeiro de 2000 a fevereiro de 2004 exerceu o cargo de Diretor Administrativo da Editora, Gráfica e Livrarias Santuário.

Entre maio de 2004 a agosto de 2007, padre João Batista viveu a experiência da Evangelização Ad Gentes (“Para as Nações”, em Latim) trabalhando com as comunidades de imigrantes brasileiros e portugueses nos Estados Unidos, como membro da Comunidade redentorista na cidade de Worchester, no estado de Massachussets.

Em janeiro de 2008 embarcou para a cidade de Coari no estado do Amazonas. Até dezembro de 2010 exerceu lá a tarefa de dirigir e administrar a Rádio Educação Rural e a partir de novembro acumulou também a função de pároco da Paróquia Sant’Ana e São Sebastião. Durante sete anos foi missionário com e para o povo que moram às margens dos rios e lagos amazônicos.

A nova missão a que padre João Batista foi designado, como reitor do Santuário Nacional, tem o tempo habitual de 3 anos de exercício, assim permanecendo, então, até o fim de 2017, ano em que se comemorarão os 300 anos do encontro da Imagem de Nossa Senhora nas águas do Rio Paraíba do Sul.