Carnaval

Ilhabela: Mostra “O Banho da Doroteia” fica em cartaz até a quarta-feira de cinzas

Por: Share:
O Banho da Dorotéia surgiu em Ilhabela em meados de 1950 com o nome de “Banho da Gerarda”. (Foto: Edson Souza/PIM)
O Banho da Dorotéia surgiu em Ilhabela em meados de 1950 com o nome de “Banho da Gerarda”. (Foto: Edson Souza/PIM)

A prefeitura de Ilhabela, por meio da Secretaria da Cultura, e a Fundaci (Fundação Arte e Cultura de Ilhabela) promoverão a exposição fotográfica “O Banho da Dorotéia” até a quarta-feira de cinzas (18/2) com um acervo raro de fotos antigas de vários carnavais. O “Banho da Dorotéia” é uma tradição que consiste no desfile de blocos e foliões fantasiados com papel crepom pelas ruas do centro histórico, que pulam do píer da Vila colorindo o mar.

Os participantes acreditam que ao se desfazerem dos adereços, a água do mar leva as energias negativas. A atração acontece em toda terça-feira de Carnaval em Ilhabela, mas tem sido realizada também nos últimos anos no domingo de Carnaval, no Píer da Praia Grande, no sul do arquipélago.

O Banho da Dorotéia surgiu em Ilhabela em meados de 1950 com o nome de “Banho da Gerarda”. Com o tempo, a atração cresceu e ganhou grande espaço no carnaval da cidade.

“Com certeza é um dos destaques do nosso Carnaval o Banho da Doroteia, que hoje acontece na Praia Grande no domingo de Carnaval e o tradicional na Vila, na terça-feira da folia. A exposição é uma oportunidade de rever o início desta grande manifestação cultural”, salienta o prefeito Toninho Colucci.

Para o secretário de Cultura Nuno Gallo, a exposição é uma oportunidade para as pessoas conhecerem o evento que acontece há mais de 50 anos, além de recordar o acontecimento.

“O Banho da Dorotéia é o grande diferencial do nosso carnaval, pois é um festejo cultural muito valioso”, conta. A mostra está em cartaz nos salões da Secretaria da Cultura de Ilhabela, à Rua Dr. Carvalho, nº 80, na Vila.

 

VEJA TAMBÉM