Brasil é campeão do “Melhores do Mundo – Brasil x USA – Vôlei de Praia”

Por: Share:
Brasil confirmou título após vitória neste sábado. (Foto: divulgação / Maurício Kaye)
Brasil confirmou título após vitória neste sábado. (Foto: divulgação / Maurício Kaye)

O Brasil confirmou a vantagem dos dois primeiros dias e sagrou-se campeão do “Melhores do Mundo – Vôlei de Praia”. O título foi confirmado após Bruno Schmidt e Thiago conquistarem o bronze na primeira partida deste sábado contra Jake Gibb e Casey Patterson.

publicidade

Bárbara e Ágatha saíram na frente contra as medalhistas olímpicas Kerri Walsh e April Ross, mas perderam no tie-break. Com o placar parcial de 25 a 13, os donos da casa não podem mais ser alcançados, mesmo que percam as duas finais, que acontecem neste domingo, 1º de março, dia do aniversário de 450 anos do Rio de Janeiro, a partir do meio dia.

A dupla masculina brasileira comemorou o terceiro lugar e exaltou a superação. Eles venceram Gibb e Patterson por 2 sets a 0 (21×8 e 21×17). Ao lado de sua comissão técnica, Bruno Schmidt convidou Thiago para participar do evento depois que seu parceiro Alison passou por uma cirurgia para retirada do apêndice. Esta foi a segunda vez que os dois jogaram juntos. A primeira vez foi em 2013 no Circuito Mundial, na etapa da Polônia.

“Fico muito feliz, pois apesar de não sermos uma dupla, jogamos muito bem e conseguimos essa medalha. Eles (Gibb e Patterson) têm jogado o campeonato mundial muito bem nos últimos dois anos, então considero uma vitória de peso. O vento estava bem complicado hoje, mas a gente conseguiu jogá-lo a nosso favor. Foi uma energia maravilhosa, a arquibancada estava lotada desde o aquecimento, com a torcida pedindo ace, jogando junto, foi demais. Eu nem sabia se estaria aqui, depois que o Alison teve que operar. Mesmo não sendo um time, a gente chegou bem. Estou mais feliz ainda porque além de chegar nessa disputa do bronze ainda demos a vitória do torneio para o meu país”, disse Bruno.

Thiago mostrou-se bastante emocionado após conquistar a medalha de bronze. “Muito prazeroso vir aqui representar o Brasil nesse torneio, veio como um aquecimento olímpico. Chegar aqui e subir no pódio é muito emocionante. Não participo de competições internacionais há dois anos. Não foi um torneio longo, mas estou exausto pela intensidade do jogo que temos que imprimir. Estou muito feliz e tenho que agradecer o Bruno e a comissão técnica dele pela confiança por me escolher para jogar esse torneio tão bacana com ele”, disse Thiago.

Kerri Walsh comemorou o bronze e a recuperação no jogo, após começarem perdendo o primeiro set. Elas derrotaram Ágatha e Bárbara por 2 sets a 1 (18×21, 21×16 e 15×7). “Os brasileiros são os melhores jogando com vento forte, como o de hoje, pela grande habilidade que eles têm no controle de bola. Tivemos mais dificuldade no primeiro set, mas tivemos alguns ajustes, voltamos mais agressivas, e melhoramos na partida. Ter a oportunidade de jogar em Copacabana, local da próxima olimpíadas e sentir o vento, o clima, é excelente. Gostamos de jogar em São Paulo, em outras cidades do Brasil, mas esse lugar é maravilhoso e acho que poderíamos jogar com mais frequência aqui”, finalizou a tricampeã olímpica.

A grande final do “Melhores do Mundo – Brasil x USA – Vôlei de Praia” acontece neste domingo, 1º de março, dia do aniversário de 450 anos do Rio de Janeiro, a partir de meio dia. Pedro Solberg e Evandro enfrentam John Hyden e Tri Bourne e Larissa e Talita jogam pela medalha de ouro contra Jennifer Fopma e Summer Ross.

Veja também