Ubatuba: Centro de Informações Turísticas atende mais de 1600 estrangeiros em 2014

Somente nos dez primeiros dias deste ano 73 visitantes internacionais passaram pelo CIT Ubatuba




Turistas estrangeiros no hostel Green Heaven. (Foto: Divulgação/PMU)

Turistas estrangeiros no hostel Green Heaven. (Foto: Divulgação/PMU)

De acordo com um levantamento da Secretaria de Turismo da Prefeitura de Ubatuba cerca de 1600 turistas estrangeiros procuraram o Centro de Informações Turísticas da cidade no ano passado.

Ano atípico para o turismo internacional, com a Copa do Mundo no Brasil, 2014 foi importantíssimo para apresentar destinos ainda pouco conhecidos pelos visitantes estrangeiros no país e Ubatuba foi um deles.

Latino-americanos, europeus, norte-americanos, australianos e até mesmo sul-coreanos estiveram por aqui, tiveram contato com nossa rica cultura e encantaram-se com as belezas e atrativos naturais da cidade.

Destaque para a estrutura montada pela prefeitura para receber os visitantes estrangeiros, que incluiu um telão com exibição dos jogos na Praça de Eventos e farta veiculação e produção de material de divulgação da rica história ubatubense e de seus diferentes pontos e atrativos turísticos.

Localizado no Perequê-Açu, o hostel Green Haven recebeu, segundo seus proprietários, aproximadamente 240 turistas estrangeiros durante o mês da Copa, o dobro do movimento normal. “Estamos muito felizes e nosso hostel teve nota 99 em 100 pontos possíveis num ranking internacional”, comemora Vinicius Fiore, sócio do Green Haven.

“Vale lembrar que nem todos os estrangeiros procuram o CIT”, comenta João Corbisier Nunes, secretário de Turismo. “Ou seja, o número de visitantes de outros países deve ter sido bem maior que esse do levantamento. Nossa meta para 2015 é pelo menos dobrar a quantidade de estrangeiros no CIT. Estamos estudando mecanismos e possibilidades de divulgação para que isso aconteça”, completa o secretário.

“Até hoje, dia 12 de janeiro, 73 turistas estrangeiros passaram pelo Centro de Informações Turísticas. Nossa expectativa para este ano é a melhor possível”, finaliza Claudinei Bernardes, diretor da secretaria de Turismo.