Pindenses podem integrar Conselho de Saúde

Por: Share:
Encontro foi no auditório da prefeitura com a secretária executiva do Conselho Estadual de Saúde, Stela Félix Machado Guillin Pedreira. (Foto: Divulgação/PMP)
Encontro foi no auditório da prefeitura com a secretária executiva do Conselho Estadual de Saúde, Stela Félix Machado Guillin Pedreira. (Foto: Divulgação/PMP)

Os interessados em defender os direitos em saúde e auxiliar a administração municipal poderão integrar o Conselho Municipal de Saúde (Comus) no triênio 2015-2018.

Para sensibilizar quem possui interesse em fazer parte do órgão, a atual diretoria promoveu um encontro na noite de segunda-feira (12), no auditório da prefeitura, com a secretária executiva do Conselho Estadual de Saúde, Stela Félix Machado Guillin Pedreira.

Stela falou sobre leis referentes à saúde, organização do Sistema de Saúde, destacou que na prática um conselheiro é um servidor público e a única diferença é que ele não recebe salário e são necessários para que os serviços funcionem, esclareceu dúvidas e colocou-se à disposição dos pindenses.

Maria Solange Lobo é representante do bairro Bosque e participou da reunião. Ela destaca que gostou bastante deste encontro porque pôde esclarecer várias dúvidas e aprendeu bastante coisa. Ela revela que irá conversar com os moradores do bairro para que participem das ações do Comus.

Inscrições e composição do conselho

O prazo termina dia 23 de janeiro e a inscrição deve ser feita na sala do Comus, anexa à Secretaria de Saúde e Assistência Social, localizada na rua Major José dos Santos Moreira, 570, 1º andar, centro.

O atendimento é das 8 às 12 horas e das 14 às 17 horas, de segunda a sexta-feira. Conforme o edital, não haverá prorrogação do prazo de inscrição.

Poderão integrar a nova diretoria do Comus os prestadores de serviços, representantes dos trabalhadores de saúde e dos usuários.

O conselho terá 16 membros titulares e seus respectivos suplentes. A composição será da seguinte forma: dois representantes do Governo Municipal, dois dos prestadores de serviços de saúde, quatro dos trabalhadores de saúde e oito representantes dos usuários indicados por entidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *