Peça com Antonio Fagundes em Jacareí é sucesso de público




O espetáculo Tribos aborda a surdez universal de diversas maneiras, como o preconceito, o orgulho, a ignorância, o egoísmo e falta de amor. (Foto: Alex Brito/PMJ)

O espetáculo Tribos aborda a surdez universal de diversas maneiras, como o preconceito, o orgulho, a ignorância, o egoísmo e falta de amor. (Foto: Alex Brito/PMJ)

O público lotou a Sala Ariano Suassuna no EducaMais Jacareí nos dois dias (17 e 18) de apresentação do espetáculo Tribos, que traz o vetereno ator Antonio Fagundes contracenando com seu filho Bruno e grande elenco. Inaugurado em 19 de setembro, o local tem capacidade para 714 pessoas.

Fagundes disse que essa foi a sua primeira apresentação no Vale e elogiou o novo espaço cultural de Jacareí. “Esse prédio inteiro é maravilhoso. Jacareí está de parabéns. Agora cabe à população preservar e valorizar este espaço, prestigiando as atrações que aqui são oferecidas. Porque não adianta o poder público investir e a população não valorizar”, ressaltou.

O espetáculo Tribos traz ainda no elenco Arieta Correia, Eliete Cigaarini, Guilherme Magon e Maíra Dvorek. A direção é de Ulisses Cruz e trilha sonora de André Abujamra. Após o espetáculo, os atores voltaram ao palco para um bate-papo com a plateia. Além de responder algumas perguntas, eles deram uma breve explicação sobre a concepção da peça, escrita originalmente pela inglesa Nina Raine, com tradução de Rachel Ripani, que aborda a surdez universal de diversas maneiras, como o preconceito, o orgulho, a ignorância, o egoísmo e falta de amor.

Inclusão — No sábado (17), a encenação contou com uma intérprete de Libras (Linguagem Brasileira de Sinais). Surdo, o protético Marcos Filgueiras, 32 anos, veio de Taubaté para assistir à peça e elogiou a iniciativa. Segundo o protético, apesar das conquistas ainda é preciso “lutar muito” para que a lei seja cumprida em sua totalidade. “A gente ainda sofre muito por falta de acessibilidade. Quando soube que haveria intérprete, fiquei interessado em assistir”, disse Figueira. “Esperemos que outras produções possam seguir este exemplo”, comentou.

Além de Figueira, outros deficientes com surdez vieram inclusive de outros municípios para assistir ao espetáculo, como os estudantes Ariana Nogueira Gabriele, 17 anos, de Santa Branca, e Edson José, 19 anos, de São José dos Campos.

O ator Antonio Fagundes esclareceu que a iniciativa da tradução em Libras não deve se restringir apenas a esse espetáculo que aborda a surdez. “Nós esperamos que este pequeno gesto seja repetido em outros espetáculos. E que também se torne regular por parte do Estado”, destacou Fagundes.

Próximas atrações – Na sexta-feira (23), o palco da Sala Ariano Suassuna do EducaMais Jacareí recebe o cantor, compositor e maestro Jaime Alem e a cantora Nair Cândia. Acompanhados de músicos convidados, apresentam o show ‘Relicário’, com entrada gratuita. Já no domingo (25) é a vez do espetáculo infantil ‘Enquanto Seu Lobo não Vem’. E no dia 31 entra em cena o espetáculo infantil ‘Pony Girls, a mágica da amizade’, também com entrada gratuita. Para as atrações gratuitas, os ingressos podem ser retirados no local uma hora antes de cada apresentação.

Fique por dentro — A agenda cultural da Fundação Cultural de Jacarehy José Maria de Abreu traz atrações durante o mês inteiro para todos os públicos e em diversos pontos da cidade. Além de grandes espetáculos teatrais, há shows, cinema, exposições e palestras, entre outros. Clique aqui para saber mais sobre a programação cultural.